Presidente em Exercício, Geraldo Alckmin se pronuncia sobre caso de Vini Jr

Presidente em Exercício, Geraldo Alckmin se pronuncia sobre o caso racista contra Vini Jr
Presidente em Exercício, Geraldo Alckmin se pronuncia sobre o caso racista contra Vini Jr (Montagem: Reprodução)

Presidente em Exercício, Geraldo Alckmin se pronuncia sobre caso de Vini Jr

Presidente em exercício, Geraldo Alckmin classificou como “inaceitáveis” os ataques racistas sofridos pelo jogador brasileiro Vinícius Júnior (Vini Jr), do Real Madrid, durante partida no campeonato espanhol neste domingo (21). Em uma rede social, Alckmin disse que o racismo precisa ser combatido e rechaçado “em todos os cantos do mundo”.

Alckmin, que está na chefia do Executivo em razão da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao exterior, no encontro da cúpula do G7 em Hiroshima, Japão. Geraldo também manifestou apoio à ministra Anielle Franco nas medidas que o Ministério da Igualdade Racial tomará referente aos atos racistas. Neste domingo, a pasta informou que vai notificar autoridades espanholas e a La Liga, entidade responsável pelo campeonato espanhol.

Pronunciamento de Geraldo Alckmin

Em sua conta no Twitter, o Presidente em exercício fez a postagem com o seguinte teor: “São inaceitáveis os ataques racistas sofridos por @vinijr durante o campeonato espanhol de futebol. O racismo deve ser combatido ativamente e rechaçado em todos os cantos do mundo. Todo o apoio à ministra @aniellefranco nas providências a serem tomadas”.

Outras autoridades também prestaram solidariedade ao jogador

Durante entrevista no Japão neste domingo (21), o presidente Lula manifestou solidariedade a Vini Jr. e cobrou medidas da La Liga e da Fifa. É importante que a Fifa e a liga espanhola tomem sérias providências, porque nós não podemos permitir que o fascismo e o racismo tomem conta dos estádios de futebol”, disse o petista. Nesta segunda-feira, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), também prestou solidariedade ao futebolista. “É revoltante como a recorrência dessas atitudes não tenha recebido a resposta devida pelas autoridades responsáveis”, afirmou o magistrado.

Vinícius Jr. voltou a ser alvo de ataques racistas neste domingo, desta vez em um jogo do Real Madrid contra o Valencia, no estádio Mestalla, em Valência, no sudeste da Espanha. A partida chegou a ser interrompida após o brasileiro apontar torcedores que o ofenderam. Ele foi expulso depois de ser agredido por um jogador adversário. Nas redes sociais, o jogador brasileiro afirmou que a La Liga e a Federação de Futebol da Espanha acham o comportamento racista “normal” e que o país europeu hoje é conhecido como um país racista no Brasil.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!