Governo paga indenização à família de policial vítima da Covid-19

governo-paga-indenizacao-a-familia-de-policial-vitima-da-covid-19
Governo paga indenização à família de policial vítima da Covid-19. (Foto: reprodução/internet)

Sob a liderança de Tarcísio de Freitas, o governo de São Paulo aprovou uma indenização de R$ 200 mil para a família de um policial que faleceu devido à Covid-19.

Uma investigação preliminar conduzida pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) concluiu que ocorreu uma “morte acidental em serviço“.

Conheça e entenda o caso:

Márcio Luiz de Souza, um agente da Polícia Civil, estava alocado em uma delegacia na capital do estado quando foi hospitalizado com sintomas da doença em abril de 2021, vindo a óbito poucos dias depois.

O policial havia iniciado seu trabalho na 5ª Delegacia de Polícia (Aclimação) em janeiro de 2020, cerca de um ano e três meses antes de sua morte devido a complicações da Covid-19.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública, Capitão Derrite, evidências indicam que o agente contraiu o vírus no desempenho de suas funções na delegacia. Entretanto, ele não forneceu detalhes sobre essas provas.

A autorização para o pagamento da indenização de R$ 200 mil veio após Derrite seguir a orientação do departamento jurídico da Secretaria de Segurança Pública

Embora o policial tenha falecido em 2021, a decisão de conceder a indenização tenha sido tomada apenas em 2023.

Pra quem irá o dinheiro da indenização?

O montante será dividido, com metade destinada à viúva, Celia Maria de Assis e Souza; E a outra metade igualmente distribuída entre os dois filhos do policial.

Nesta segunda-feira (16/10), Tarcísio convidou o ex-presidente Bolsonaro a participar de um evento no batalhão das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), da Polícia Militar.

Aliados do governador veem a questão da segurança pública como um dos pilares fundamentais em uma possível candidatura à Presidência da República em 2026.

Dados de mortes policiais pela covid-19

A Covid-19 causou o falecimento de 465 policiais no Brasil no ano de 2020;

O que representa mais que o dobro do número de agentes assassinados nas ruas do país no mesmo ano. Além disso, a pandemia também teve um impacto direto na rotina das corporações

Contudo, resultando no afastamento de um em cada quatro policiais brasileiros em algum momento devido a sintomas da doença,

Pertencimento a grupos de risco ou a confirmação da infecção pelo novo coronavírus. Estes dados, que são inéditos, foram obtidos através de uma pesquisa exclusiva conduzida pelo G1

Em conclusão, com base em informações reunidas das polícias Civil e Militar, bem como das secretarias de Segurança Pública dos 26 estados e do Distrito Federal.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!