Caso Edson Davi: Polícia trabalha com hipótese de afogamento

Edson Davi. (Reprodução/Internet)

Desaparecido no Rio de Janeiro há mais de um mês, o menino Edson Davi pode ter sido vítima de afogamento. A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) investiga a possibilidade.

No último dia em que o garoto foi visto, haviam bandeiras vermelhas na praia alertando o perigo da correnteza. O mar agitado pode explicar o motivo da dificuldade em encontrar o corpo de Edson.

Elen Souto, delegada titular da DDPA, declarou que faltou um cuidado maior por parte do pai de Edson, que estava trabalhando em uma barraca próxima a praia quando o garoto sumiu. Ela afirma que não há indícios de que a criança foi sequestrada e que nem sempre é fácil encontrar um corpo que foi levado pela correnteza.

Segundo o médico-legista Nelson Massini, o corpo da vítima de um afogamento pode ser levado até o alto mar quando a correnteza está muito forte. Massini também explica que, na água, o corpo decompõe de forma mais acelerada, o que dificulta ainda mais as buscas.

Os pais, porém, descartam a possibilidade de afogamento. “Meu coração de pai tem certeza de que não foi afogamento — alguém levou ele. Quem conhece a gente também sabe. Eu e minha esposa estamos há um mês sem trabalhar, sem conseguir comer direito, sem conseguir viver, sobrevivendo e cuidando do nosso filho de quase 3 anos, que é autista e precisa de cuidados especiais. Os barraqueiros já fizeram uma vaquinha para nos ajudar, mas o que queremos mesmo é nosso Davi de volta”, declarou o pai, Edson Almeida.

Entenda o desaparecimento

O garoto estava brincando com dois amigos ao lado da barraca do pai por volta das 15h30. Enquanto o pai fechava uma conta, às 16h30, Edson sumiu e não foi mais encontrado.

A polícia já chegou a descartar um estrangeiro como suspeito. O homem estava acompanhando as outras duas crianças que brincavam com Edson Davi e, após as câmeras de segurança detectarem ele indo embora, as investigações o retiraram da lista de suspeitos. As mesmas câmeras revelaram o jovem indo em direção a areia.

Veja também:

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!