Hit do Carnaval é suspenso das plataformas digitais após processo

Treyce de biquíni
A vocalista Treyce perdeu a canção que a apresentou para o mundo (Foto: Reprodução/Instagram)

Hit do Carnaval é suspenso das plataformas digitais após processo

Após ter sido um grande sucesso em todo o Brasil após uma coreografia do influencer Churrasco 21, o hit “Lovezinho”, da cantora Treyce, vem passando por grandes problemas judiciais após a não realização de um acordo com a Sony, empresa responsáveis pelos direitos autorais da canção “Say It Right”, de Nelly Furtado.

Foram algumas tentativas de realização de acordos para a repartição dos lucros, visto que a canção brasileira usa partes do sample da canção original, a gravadora afirmou, através do diretor jurídico da Sony Brasil, José Diamantino, que a canção foi removida dos canais oficiais da cantora Treyce, como YouTube e Spotify.

Em entrevista ao portal G1, Diamantino afirma que pela ausência de uma conversa mais séria e direta das partes envolvidas sobre a parcela dos direitos da música, a editora da canção original juntamente com o auxílio das plataformas digitais realizaram a retirada imediata de “Lovezinho” de todas elas para que nenhum novo streaming fosse contabilizado. Até o momento da publicação desta matéria a cantora Treyce não se posicionou sobre a derrubada da canção.

Relembre a cobrança dos direitos autorais

Junto com o sucesso vem grandes responsabilidades, inclusive as judiciais. O compositor de “Lovezinho”, um dos maiores hits do Carnaval deste ano (2023), foi notificado judicialmente pelo uso da melodia da canção “Say It Right”, um grande hit de 2006 que tem Nelly Furtado nos vocais. 

Apesar de ter chamado a atenção da web após dançar o hit, com direito a coreografia e tudo, a empresa responsável pela carreira da cantora canadense enviou o famoso “processinho” para WK, o compositor de Lovezinho. Ele ficou ciente da situação da cobrança por direitos autorais e não se opôs a isso.

Em entrevista ao podcast Ouviu, do G1, WK disse que está aberto a compartilhar os direitos autorais com Nelly Furtado e seus produtores. De acordo com a Sony, empresa responsável pelos direitos de Nelly, o acordo veio após um pedido da própria cantora. 

WG diz que é muito justo que ocorra a divisão dos direitos, e automaticamente também dos lucros com Nelly Furtado. O compositor brasileiro acha que o valor justo para a divisão seria de 20% dos ganhos, porém todos os detalhes ainda estão sendo acertados pelas empresas de Nelly, Treyce, vocalista do hit brasileiro, e WG.

Treyce nega que Nelly Furtado tenha entrado em contato sobre direitos da canção

Logo que a notícia da cobrança por direitos autorais saiu na mídia, um dos principais pontos que corria nas páginas de fofoca era o suposto fato de que Treyce nem sequer conhecia Nelly Furtado, seu trabalho enquanto artista e muito menos a canção que originou o hit que a apresentou para o Brasil e o mundo.

Prontamente a cantora negou todas as alegações e foi pessoalmente refutar uma página que havia dito que ela teria sido notificada judicialmente acerca dos direitos autorais da música. “Continuo afirmando que a produção da Nelly não entrou em contato comigo pedindo créditos de nada, mas mesmo assim minha equipe já falou com minha editoria e iremos dar. Muita paz”, disse ela

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!