Governo Lula exige água grátis em shows após morte de fã de Taylor

governo-lula-exige-água-grátis-em-shows-após-morte-de-fã-de-taylor
Governo Lula exige água grátis em shows após morte de fã de Taylor. (Foto: Reprodução/Internet)

Nesta quarta-feira (22), o governo Lula (PT), por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), anunciou uma nova medida que visa garantir a segurança e o bem-estar do público em eventos.

A portaria, publicada no Diário Oficial da União, estabelece que a organização de eventos é obrigada a distribuir água gratuitamente em dias de altas temperaturas. Esta decisão foi uma resposta direta à tragédia ocorrida no show da cantora Taylor Swift no Rio de Janeiro, onde Ana Benevides, de 23 anos, faleceu.

Quando entra em vigor a nova medida?

A portaria, que entrou em vigor no sábado e tem validade de 120 dias, ressalta a necessidade de cuidados especiais em eventos realizados sob condições climáticas extremas. O ministro da Justiça, Flávio Dino, já havia anunciado a medida no sábado (18), enfatizando a importância da segurança dos frequentadores de eventos públicos.

Como vai funcionar?

De acordo com o texto da portaria, não só a distribuição de água será obrigatória, mas também será permitida a entrada de garrafas de água de uso pessoal. Esta é uma mudança significativa em relação às práticas anteriores, onde muitos eventos proibiam a entrada de bebidas trazidas pelos espectadores.

Além disso, os produtores de eventos agora são responsáveis por garantir a disponibilidade de água, seja por meio de distribuição gratuita ou bebedouros acessíveis. Essa medida tem como objetivo prevenir problemas de saúde relacionados ao calor, como a desidratação, garantindo que os participantes tenham acesso fácil e gratuito à água.

Outra cláusula importante da nova portaria é a exigência de estrutura adequada para o resgate e atendimento de participantes que enfrentem problemas de saúde ou situações de perigo durante o evento. Essa medida busca assegurar uma resposta rápida e eficiente em casos de emergência, melhorando a segurança geral dos eventos.

Adicionalmente, a Senacon determinou que os órgãos estaduais e municipais de defesa do consumidor fiscalizem os preços de venda de água mineral nos eventos. O objetivo é evitar a cobrança abusiva, garantindo que os consumidores não sejam explorados financeiramente em situações onde o acesso à água é uma necessidade básica.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!