Descoberta de bebês trocados em Hospital é feita após 30 anos

Três mulheres foram trocadas na maternidade e só descobriram o fato após 30 anos
Raylane, Milena e Marcelma (Reprodução: TV Globo)

Descoberta de bebês trocados em Hospital é feita após 30 anos

Neste último domingo (23), o Programa dominical Fantástico, contou a história do nascimento de três crianças no dia 05 de agosto de 1994, que se tornou um drama para três famílias nas últimas semanas. Um erro na Maternidade Doutor Deodato Cartaxo, na cidade de Cajazeiras, sertão da Paraíba, resultou numa troca tripla de bebês, descoberta por acaso, quase trinta anos depois. Os advogados contratados pelas famílias solicitaram cópias dos prontuários médicos da época do nascimento das meninas, além da identificação de toda a equipe que trabalhava na maternidade no dia 5 de agosto de 1994.

A história das três mulheres

Três mães deram à luz em 5 de agosto de 1994: Luíza, Marlucy e Maria de Fátima. Luíza saiu da maternidade com a Mylena. Marlucy, com Raylane, e Maria de Fátima chegou em casa com Marcelma nos braços. Nas últimas semanas, elas descobriram que as três saíram do hospital com as filhas trocadas. Luíza deveria ter saído com a Raylane. Marlucy, com a Marcelma, e Maria de Fátima, com Mylena. As duas primeiras trocas já foram confirmadas em um teste de DNA, exceto a última. Mylena e Maria de Fátima confirmaram que desejam fazer o teste, mas ainda não o realizaram.

O caso foi descoberto em janeiro, quando Raylane, que mora em Nova York, decidiu pesquisar a ancestralidade dela em um site especializado em DNA, com o objetivo de descobrir as origens da família. A empresa usa um banco de dados com informações genéticas do mundo todo. Cruzando os dados, a plataforma consegue localizar possíveis parentes desconhecidos. Na plataforma, a jovem de 28 anos descobriu compatibilidade genética com Lenon, um brasileiro que mora na Irlanda e, segundo o site, seria irmão dela. Raylane decidiu entrar em contato com ele nas redes sociais, e os dois partiram em busca de mais informações sobre o suposto parentesco.

“Foi uma supresa muito grande. Meu objetivo era fazer um teste de ancestralidade, e descobri que fui trocada na maternidade”, contou a jovem. Eles descobriram que Raylane nasceu no mesmo dia em que a irmã caçula da família e as suspeitas foram confirmadas por um teste de DNA. A mãe deles, Luíza, diz sentir como se tivesse ganhado uma nova filha. “A minha filha, Mylena, é minha filha. E agora, a Raylane também”, afirmou. Marlucy, filha de Maria de Fátima, conta que sempre teve essa suspeita, o que causou um afastamento da mãe. A procura pela família biológica teve fim na última semana.

Posicionamento do Hospital

A assessoria jurídica do Hospital Regional de Cajazeiras, onde fica a maternidade, afirmou que os dados não foram encontrados. E que não tem informação sobre a escala de trabalho daquela época, já que de acordo com a lei tais documentos só precisam ficar arquivados por 20 anos. A direção do hospital não quis gravar entrevista. Por nota, o hospital afirmou que está solidário e que o objetivo é colaborar com os familiares para que tudo possa ser resolvido.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!