Conheça Flávio Dino, a escolha de Lula para o STF

conheça-flávio-dino-a-escolha-de-lula-para-o-stf
Conheça Flávio Dino, a escolha de Lula para o STF. (Foto: Reprodução/Internet)

Hoje, o presidente Lula (PT) anunciou a indicação do Ministro da Justiça, Flávio Dino, para uma posição no Supremo Tribunal Federal (STF). Antes de assumir o cargo, Dino, com 55 anos, precisará passar por uma sabatina no Senado.

Quem é Flávio Dino?

Nascido em São Luís e filho de advogados, Dino se formou em direito na UFMA (Universidade Federal do Maranhão) e assumiu o cargo de coordenador do DCE (Diretório Central dos Estudantes). Ele também conquistou um mestrado na área pela Universidade Federal de Pernambuco.

Dino teve um papel ativo na política desde cedo, sendo um dos coordenadores da ala juvenil da campanha de Lula à Presidência em 1989. Apesar de Lula ter ido ao segundo turno, ele foi derrotado por Fernando Collor de Melo.

Após uma carreira de 12 anos como juiz federal, Dino assumiu posições de destaque como secretário-geral do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) e assessor da Presidência do STF.

Em 2006, Dino deixou a magistratura para se filiar ao PCdoB e entrar na política. Ele foi eleito deputado federal com mais de 120 mil votos. Embora tenha tentado sem sucesso o governo do Maranhão em 2010, ele se tornou presidente da Embratur no primeiro mandato de Dilma Rousseff (PT) em 2011.

A vida de Dino foi marcada por tragédias pessoais, incluindo a perda de seu filho Marcelo, aos 13 anos, devido a crises de asma em 2012. A família acusou o hospital de negligência e erro médico, levando a uma condenação em primeira instância em 2017, mas a médica e a técnica de enfermagem foram absolvidas por falta de provas em um processo subsequente.

Dino foi eleito governador do Maranhão em 2014, tornando-se o primeiro governador do PCdoB e rompendo o predomínio da família Sarney no estado. Após um mandato bem avaliado, ele foi reeleito em 2018 com quase 60% dos votos.

Em 2022, Dino foi eleito senador pelo PSB com 2,1 milhões de votos e assumiu o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública a convite de Lula em janeiro.

Atuação de Dino como Ministro da Justiça

No ministério, Dino se destacou por seus embates com parlamentares e nas redes sociais. Em uma audiência no Congresso, ele ironizou o senador Marcos do Val (Podemos-ES), dizendo: “Se o senhor é da Swat, eu sou dos Vingadores. O senhor conhece? Capitão América, Homem-Aranha? (…) Essas construções mentais que o senhor faz são muito singulares e realmente não têm suporte na realidade.”

Apesar de sua visibilidade e proativismo, Dino enfrentou críticas de colegas ministros. A jornalista Thaís Oyama relata que, exceto por Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), com quem ele militou no PCdoB, Dino não tem amigos entre os ministros.

Respondendo às críticas sobre o “fogo amigo”, Dino disse à jornalista: “Se está perto do gol, eu chuto. Às vezes erro, às vezes acerto, mas não cometo o pecado da omissão.”

Recentemente, a presença da ‘dama do tráfico’ no ministério causou desgaste. Dino reagiu às notícias de reuniões com a esposa de um líder da facção Comando Vermelho, afirmando que nunca recebeu “líder de facção ou esposa” em seu gabinete. Lula defendeu Dino diante dessas acusações.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!