Artista de “Caneta Azul” frustrado: Sucesso sem lucro

artista-de-caneta-azul-frustrado-sucesso-sem-lucro
Artista de “Caneta Azul” frustrado: Sucesso sem lucro. (Foto: reprodução/internet)

Manoel Gomes, famoso pelo sucesso “Caneta Azul” (2019), alegou que não recebeu dinheiro dos direitos autorais da música.

O cantor acusa os empresários Joab Castro e Leonardo Santana de desviarem mais de R$ 7 milhões de suas 12 contas bancárias.

O cantor afirmou que conseguiu se manter apenas com cachês de shows e pagamentos por parcerias musicais durante o auge do sucesso da música.

Em uma conversa exclusiva com Splash em São Paulo, ele lamentou: “Foi um grande prejuízo. A minha situação ficou difícil.

Manoel Gomes afirmou não saber quem ficou com o dinheiro: “Ele (Joab Castro) disse que não tinha recebido nada. Até hoje não sei como ficou esse pepino.

A falta de pagamento alterou os planos do cantor. Ele explicou: “Queria comprar algumas casas em Balsas (MA), mas não havia maneira. Eu fico muito triste.

‘Caneta Azul’ foi meu principal sucesso, mas até hoje eu não recebi um real por essa música que estourou no Brasil inteiro.

Descoberta:

A equipe de Manoel Gomes informou que os supostos desvios foram realizados pelos dois ex-empresários do artista.

Ele trabalhou anteriormente com Joab Castro por quatro anos e com Leonardo Santana, filho de Joab, por um mês.

Leonardo Santana afirmou que ainda mantém um contrato como empresário de Manoel Gomes em uma conversa com Splash.

A questão está sendo discutida em uma ação conduzida em segredo de Justiça, de acordo com a equipe jurídica do cantor.

O cantor lamentou o posicionamento de Leonardo, dizendo:

Acho muito errado. Não o considero mais meu empresário, e ele ainda se apresenta como se fosse. Isso também me traz prejuízo. Tento fechar contratos, mas ele entra em contato e confunde as pessoas.

Manoel Gomes mandou recado para Leonardo Santana. “Em uma última conversa, eu pediria para ele falar com esse negócio, pois não é mais meu empresário. […] Quero que ele me deixe livre para trabalhar

O que dizem os empresários?

Joab Castro negou ser responsável pelo suposto prejuízo em uma conversa com Splash.

Ele disse: “Ligue para ele e pergunte quem gravou o CD, de quem é o selo e qual gravadora lançou. Quem fez tudo isso deve saber.

Laércio da Costa, responsável pela QÉS Music (gravadora responsável pelo álbum), respondeu a Joab em contato com a reportagem.

Ele afirmou: “Eu também nunca recebi nada. Foi uma doação minha da época. Ajudei vários artistas que queriam gravar músicas. [….] Eu banquei o CD e fizemos um acordo, fizemos um contrato […] Se tivéssemos algum problema, eles já teriam me processado. Eu também quero receber a minha parte.

O produtor também disse ter “problemas” com Joab Castro.

Leonardo Santana rebateu Manoel Gomes mencionando um suposto contrato entre eles. Ele afirmou:

Não estou atrapalhando nada (sobre negociações). Apenas esclareço a verdade a todas as empresas que me procuram, que legalmente nós temos um contrato vigente e nem eu e nem eles podem assinar nada individualmente, pois seria irregular e não teria validade jurídica.

Entenda o Caso:

A defesa de Lineu pretende abrir um processo judicial alegando que Leonardo Santana e Joab Castro desviaram cachês.

Também serão analisados contratos de publicidade assinados nos últimos quatro anos.

Estamos preparando toda a documentação“, comentou João Nascimento, advogado do cantor, em conversa com Splash.

Leonardo Santana afirma que é um “complô” dos outros dois empresários para tomarem posse de sua parte na sociedade nenhuma dos empresários revelou como a distribuição é feita.

Ele diz que não tem interesse em repassar sua porcentagem para Lineu e Dias.

Nunca chegaram em mim para falar sobre o assunto. Simplesmente viajaram com Manoel para o Rio de Janeiro e botaram um segurança com ele. O cantor está com o celular retido para que eu não entre em contato“, afirmou Leonardo.

Lineu Júnior acusou Leonardo Santana de “diversas irregularidades” em conversa com Splash.

O empresário afirma que o colega precisa esclarecer informações sobre a prestação de contas e supostos contratos fraudulentos.

Ele diz que foi protocolada uma petição de distrato e que pretende pedir reparação por danos morais e materiais em decorrência do desentendimento público com Leonardo Santana.

Manoel Gomes também acusou Joab Castro de “maus-tratos”. Ele disse: “Ele ficava gritando, chamando de burro e de bobo. Até ameaçava bater. Não tinha educação.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!