Nirvana: bebê do Nevermind move novo processo contra a banda

O processo do bebê da capa do vanglorioso álbum da banda Nirvana “Nevermind” ganha mais uma episódio. A ação movida por Spencer Elden, contra a banda teve novos detalhes revelados pelo site Digital Music News.

publicidade
Nirvana
Nirvana: bebê do Nevermind move novo processo contra a banda (Créditos: Reprodoução)
publicidade

De acordo com as novas atualizações da apuração do site Digital Music News, Spencer afirma que sofreu estilização durante a fotografia, além da comercialização da pornografia infantil, segundo sua acusação e a mais forte no caso.

A nova acusação conta que a banda pretendia  “desencadear uma resposta sexual visceral do espectador ao jogá-lo debaixo d’água e tirar fotos que destacaram e enfatizaram os órgãos genitais expostos de Spencer”.

O demandante das ações, Spencer Elden, conta que sofreu traumas ao longo da sua vida e também afirma que seus tutores nunca assinaram um documento com direitos de imagem, além de não receber nenhum valor aquisitivo.

publicidade

A banda composta por Kurt Cobain, Dave Grohl, Krist Novoselic, o fotógrafo Kirk Weddle, o designer da época Robert Fisher, além das  gravadoras Universal Music, MCA Records e a Greffen Records são os réus do caso.

Tamanha polêmica, a banda pensa na possibilidade de mudança no álbum “Nevermind”. Segundo o baterista de Nirvana, Dave Grohl, em entrevista ao The Sunday Times, o grupo segue trabalhando em algumas ideias para a nova capa.

 “Tenho muitas ideias de como devemos alterar essa capa, mas veremos o que acontece. Vocês saberão em breve. Tenho certeza que vamos encontrar algo bom”, afirmou o baterista.

publicidade

Confira um trecho da ação:

O dano permanente que ele quase sofreu inclui, mas não está limitado a, sofrimento emocional extremo e permanente com manifestações físicas, interferência em seu desenvolvimento normal e progresso educacional, perda vitalícia de capacidade de ganho de renda, perda de salários passados ​​e futuros, despesas passadas e futuras para tratamento médico e psicológico, perda do gozo da vida, e demais prejuízos a serem descritos e comprovados no julgamento da matéria

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar