Museu da Música da Bahia é a nova atração cultural de Salvador; conheça

Salvador acaba de ganhar um novo espaço voltado para a música. Trata-se do Museu de Música da Bahia, que foi inaugurado no final de setembro. O espaço foi instalado no emblemático Casarão dos Azulejos Azuis, no bairro do Comércio.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

O imóvel foi totalmente recuperado para receber a história da música, mesclando os tempos da colonização até os hits mais contemporâneos. Além disso, o espaço é um centro cultural de produção de novas linguagens musicais, com direito a aparelhamento técnico e estúdios para promover novos movimentos.

Museu de Música da Bahia
Espaço foi inaugurado nesta semana e conta com muita interatividade (Imagem: Divulgação)
publicidade

A Cidade da Música da Bahia, como também é chamada, conta com quatro pavimentos, com imersão dos visitantes através da moderna tecnologia. No térreo, o espaço conta com salão de estar, café, loja, biblioteca, midiateca e centro de pesquisa. A partir da entrada, o visitante já pode viajar pelo universo da música baiana através do celular, usando o QR Code.

Os demais andares contam com acervos permanentes, sob curadoria do antropólogo Antonio Risério e do arquiteto Gringo Cardia. No primeiro andar, o visitante pode conhecer a exposição “A Cidade de Salvador e Sua Música“, retratando os bairros da cidade, além de histórias, depoimentos e novas tendências.

publicidade

O Museu da Música da Bahia ainda conta com maquete interativa, três grandes telas de projeção, estações de consulta e estúdio para gravação de depoimentos. Mais acima, no segundo andar, o tema é da Tropicália, com ilustrações gigantes de fragmentos da pintura modernista de Genaro Carvalho. O local ainda tem a exposição “História da Música da Bahia“, com nove cabines de vídeos e três salas: “A Magia da Orquestra“, “A Nova Música da Cidade” e “Quem Faz a Música da Bahia“.

Já o último andar o público tem a chance de se entreter. O pavimento tem três estúdios de gravação de clipes karaokê, onde o visitante escolhe um fundo gráfico e, no final, recebe o clipe pronto para postar em suas redes sociais. Há ainda a sala do “Rap e Trap, Poesia Consciente“.

O visitante ainda pode brincar com jogos da memória sobre a música da Bahia, Quiz Game e instalações interativas que simulam uma mesa de som. Além disso, tem ainda estações para exibições de documentários e sala especial de demonstração de um set de percussão.

publicidade

O funcionamento da Cidade da Música da Bahia será de terça-feira a domingo, das 10h às 17h. O valor do ingresso é R$20 (inteira) e R$10 (meia) – o benefício da meia entrada é extensivo a cidadãos residentes em Salvador, mediante comprovação de endereço. A visitação deverá ser feita através de agendamento prévio, a ser feito no site https://cidadedamusicadabahia.com.br/.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Guinho Santos
Formado em Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia e Ciências Salvador, Guinho Santos escreve sobre o mundo dos famosos há mais de dez anos. Tem experiência em cobertura de realitys shows, bastidores da música, TV e novelas. Ao longo da carreira, trabalhou com rádio e foi apresentador na web, além de ter experiência também como Social Media e agora está junto do Mix Me!
Veja mais ›
Fechar