Morre o apresentador Jô Soares aos 84 anos em São Paulo

Morreu às 2h30 desta sexta-feira (5), aos 84 anos, o apresentador, humorista, ator e escritor Jô Soares. Um dos maiores entrevistadores do Brasil estava internado no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, desde o dia 28 de julho, quando deu entrada para tratar de uma pneumonia.

Jô Soares
Morre Jô Soares aos 84 anos em São Paulo. Foto: reprodução.

A causa da morte de Jô ainda não foi divulgada. O enterro e velório serão reservados à família e aos amigos. A data e local ainda não foram informados. O anúncio do falecimento foi feito pela ex-esposa de Jô Flávia Pedra, e confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês, em nota.

Em suas redes sociais, Flávia publicou um texto anunciando a morte do artista e prestando uma homenagem ao homem com quem foi casada por mais de uma década:

“Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos”, comunicou Flavia.

“Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor.”

“Viva você, meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você.”

“Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem.”

“Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo.”

“Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores. Amor eterno, sua, Bitika.”

Em uma entrevista, Jô Soares chegou a declarar que o fim do casamento com Flávia foi uma “separação que não deu certo”, pois os dois estavam sempre juntos.

Jô Soares na música

Ao longo dos 28 anos em que esteve a frente de seus talk shows no SBT e na Globo, Jô Soares entrevistou grandes nomes da música brasileira como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque, Maria Bethânia, Gal Costa, Tim Maia, Cazuza, Rentato Russo, Zeca Pagodinho, Roberto Carlos e muitos outros.

Além de grande sucesso na literatura e no humor, Jô Soares também era um grande amante da música. Em 2000, ele lançou um álbum com o sexteto, banda que o acompanhava nos programas.

O disco foi gravado ao vivo na casa Tom Brasil em São Paulo. Naquela época, Jô contava com os músicos Tomati (guitarra), Bira (baixo, 1934-2019), Osmar Barutti (piano), Chiquinho Oliveira (Trompete), Derico Sciotti (Saxofone e Flauta) e Miltinho ( Bateria).

Em ‘Jô Soares e o Sexteto’, o artista apresentou um repertório de Jazz que revelava seu gosto pessoal. O álbum tem 13 faixas com interpretações de grandes nomes do gênero como Dizzy Gillespie, Duke Ellington, Clifford Brown, Jimmy McHug, entre outros.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!