Messi explica motivo de escolher time dos Estados Unidos

Messi no Inter Miami
Camisa 10 da Argentina revela o que o leva para os Estados Unidos (Foto: Reprodução/Twitter)

Messi explica motivo de escolher time dos Estados Unidos

Na tarde da última quarta-feira (7), o craque argentino Lionel Messi anunciou que será jogador do Inter Miami a partir do segundo semestre de 2023. O atleta se tornou uma lenda do esporte após anos de sucesso defendendo o time do Barcelona, além de ter conquistado a Copa do Mundo de 2022 com a Seleção da Argentina.

Messi está deixando o o time do PSG após duas temporadas. Na equipe da capital francesa, o argentino chegou para reforçar o ataque ao lado de Mbappé e Neymar, em busca do sonhado título da Champions League, que acabou não acontecendo.

O fim da trajetória de Messi na França também não foi muito bom. Após a eliminação nas oitavas de final da Champions desta temporada diante do Bayern de Munique, o argentino foi apontado pela torcida francesa como o principal culpado pelo fracasso. Messi chegou a ser vaiado até mesmo em sua partida de despedida pelos torcedores do PSG.

A Major League Soccer

Desde que sua saída do PSG começou a ser cogitada, o nome de Messi virou principal alvo de alguns times. Ídolo do Barcelona, o principal desejo do atleta era de retornar ao time espanhol, mas a situação financeira do clube (que inclusive, foi um dos fatores que o fizeram ir embora em 2021) pesou contra a equipe. O Al Hilal, da Arábia Saudita, também demonstrou interesse no argentino, oferecendo uma proposta bilionária, que acabou não sendo aceita.

Em entrevista ao jornais espanhóis ‘Mundo Desportivo’ e ‘Sport’, Messi revelou o que o principal desejo, realmente, era retornar ao Barcelona.

“Tive ofertas de outras equipes europeias, mas nem avaliei porque minha ideia era ir ao Barcelona. Se não fosse o Barcelona, analisando tudo, minha ideia era sair do futebol europeu, especialmente depois de ter ganhado a Copa do Mundo, que era o que me faltava para fechar minha carreira nesse lado”.

O argentino também relata que a vida fora de campo nos Estados Unidos pesou na escolha. Vale destacar que o jogador tem uma mansão em Miami há alguns anos.

“Agora é viver a liga dos Estados Unidos de outra maneira e desfrutando muito mais do dia a dia. Com a mesma responsabilidade de querer ganhar e fazer as coisas bem sempre, mas com mais tranquilidade, com certeza”.

Contratando amigos

O time do Inter Miami é “novo” no futebol. Fundado em janeiro de 2018, o clube é comandado por David Beckham, ídolo do Manchester United e ex-jogador da Seleção da Inglaterra. Messi chega ao clube para alavancar ainda mais a Major League Soccer, campeonato dos Estados Unidos que tenta crescer e se tornar uma grande franquia, assim como é a NBA (basquete) e NFL (futebol americano) no país.

Para acompanhar Messi no Inter Miami, a equipe deseja levar alguns conhecidos do atleta, como por exemplo, Jordi Alba e Sergio Busquets. A dupla atuou com o argentino por anos no Barcelona e estão de saída do clube Catalão, times da Arábia Saudita também monitoram os jogadores.

Quem já negocia com o time norte-americano é Tata Martino, o treinador está sem clube desde que deixou o México após a Copa do Mundo de 2022 e já treinou Messi no Barcelona e também na Seleção da Argentina.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!