Lana Del Rey surpreende em ‘Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd’

Lana Del Rey
Lana Del Rey surpreende com épico melancólico em ‘Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd’. (Foto: divulgação).

Lana Del Rey surpreende em ‘Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd’

Desde que surgiu no cenário musical com o clássico ‘Born To Die’ (2012), Lana Del Rey tem se mantido sempre em um caminho bem próprio e na contracorrente do pop. Com seu novo álbum, “Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd”, a cantora se destaca mais uma vez pela personalidade e delicadeza.

A artista vem se mantendo em uma excelente trajetória desde o divisor de águas “Norman Fucking Rockwell” (2019) com bons lançamentos como “Chemtrails Over The Country Club” (2021) e “Blue Banisters” (2021). Porém, seu novo álbum tende a ser um novo ponto de destaque em sua carreira.

Álbum pessoal

“Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd” é talvez a obra mais íntima de Lana Del Rey. Aqui a artista faz um grande relato sobre sua vida e sua família, como se estivesse construindo seu próprio memorial, no intuído de ter controle da sua história e apresenta-la ao público do seu jeito e com a sua visão.

A sonoridade brilha mais uma vez com o já conhecido choque entre passado e presente promovido com elementos do jazz, do soul, do gospel, batidas eletrônicas minimalistas e leves toques de trap. A atmosfera criada no disco nos transporta para um universo muito particular, onde cada elemento desperta um sentimento diferente. A parceria com o produtor Jack Antonoff está afinadíssima e foge dos vícios de outros momentos.

A extensa duração do álbum com 16 faixas que juntas somam 1 hora e 17 minutos, soa um pouco inflada, principalmente no meio, onde estão os interlúdios que pouco acrescentam a obra. Apesar deste detalhe, o tempo não pesa durante a audição e parece correr de uma forma que só seria possível ali.

Lana Del Rey parece ter pensado cada detalhe do disco no intuito de trazer seu público para dentro da sua mente e mostrar suas memorias, suas raízes, seus conflitos e suas inquietações, sempre com o tom de melancolia que já lhe é característico, mas com muita beleza e sensibilidade.

Lana Del Rey
Capa de ‘Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd’. (Foto: divulgação).

Destaques

A faixa título, a segunda do álbum, deixa claro a essência da obra que reflete o seu desejo de se manter relevante e o medo de ser um canto esquecido, indiferente as pessoas, como o túnel que passa sob a Ocean Boulevard. A parceria com Jon Batiste em “Candy Necklace” é um dos pontos altos do álbum. “Let the Light In”, com Father John Misty tem um dos arranjos mais primorosos.

“The Grants” é uma ótima performance Gospel que ganha densidade com o piano clássico em destaque. “A&W”, talvez seja o grande momento da obra. Uma faixa de 7 minutos que vai se transformando e surpreendendo ao longo da sua duração. Vale aidna destacar o encerramento com “Taco Truck x VB”, que utiliza de trechos modificados do hit “Venice Bitch”.

Em “Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd”, Lana Del Rey volta a surpreender e apresenta ao público seu melhor álbum desde “Norman Fucking Rockwell” (2019). Aumentando seu espectro de referências, mas ao mesmo tempo mantendo a sua estética e personalidades já conhecidas, a cantora surpreende com algumas das suas interpretações mais comoventes.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!