Karol Conká lança novo single com base de pagode baiano, ouça “Subida”

“Tô na subida e ainda vou subir mais!”. É essa a mensagem que a cantora, compositora e rapper Karol Conká traz no seu mais novo single, “Subida”, que chega também com videoclipe.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Karol Conká Subida
Karol Conká no clipe de “Subida”, seu mais novo lançamento (Imagem: Reprodução / YouTube)

A canção é uma parceria de Karol com o produtor musical RDD, codinome de Rafa Dias, líder do grupo ÀTTØØXXÁ, em produções realizadas sem a banda soteropolitana de pagode. Como era de se esperar, a batida do pagode baiano é a marca da faixa.

publicidade

Em entrevista exclusiva ao Mix Me, RDD falou um pouco sobre a produção. “É uma faixa que fala de superação, de todo o momento que Karol passou. Está um som pra meter dança e pegar várias visões”, afirma o artista.

Karol Conká canta “Subida” no BBB

O ano de 2021 para Karol ficou marcado pela sua participação no Big Brother Brasil, da TV Globo. A cantora se envolveu em diversas polêmicas e foi eliminada com uma votação recorde, sendo a participante que mais recebeu votos para deixar a casa entre todas as edições.

publicidade

Porém, a rapper teve teve bons momentos lá dentro. Depois que anunciou o lançamento da faixa, internautas encontraram uma conversa entre Karol Conká e Fiuk, na qual ela fala sobre a música e até canta alguns trechos.

“Eu fiz uma música antes de vir pra cá, que assim que eu recebi o convite eu compus pensando na possibilidade de estar aqui. O nome dela é ‘Subida'”, adiantou.

Assista à cena:

publicidade

“Subida” está na trilha sonora do game FIFA22 e artista causou alvoroço nas redes sociais uma semana antes do lançamento. Isso porque os fãs que fizeram o pré-save da música também vão concorrer ao jogo mais um PlayStation 5, console da marca Sony que pode custa até R$ 7 mil.

Confira o clipe de “Subida”

Letra:

No foco sem me perder
Tentando entender o que pode ser
Depois de tudo que fiz pra sobreviver
Desperto antes do amanhecer
Mais um dia e ninguém vai saber
Vão pagar pra ver

publicidade

Meu bolso pesa e eu sei fazer render
Sei fazer render
Eles não percebem o quanto eu posso caminhar
Muitos sem se importar

Já fui e nem posso esperar, hey
Não consigo parar
Já faz um tempo que eu ando por aqui (hã hã)
Tanta gente querendo me ver subir (hã hã)
Vem ver como eu tô bem aceita que to bem (hã hã)
Mim salt
Que eu vou lá tô pronta pra decolar
To na subida

E ainda vou subir mais
A vida ensina

publicidade

Atente se aos sinais
Só observe e vai
Observe o agora

Só observe e vai
Só observe e vai
(ao sinais)

Tão cedo me acostumei (hã)
Sem medo me adaptei (hã)
Tudo como Imaginei
Por onde passei eu sei (hã)
Eu to em outro plano na visão
Poucos entendem qual é a visão
Veja esses putos se contradizendo
Enquanto se perdem por likes
Colecionadores de dislikes
Fábrica de gerar incapaz (ninguém faz)
Já faz um tempo que eu ando por aqui (hã hã)
Tanta gente querendo me ver subir (hã hã)

publicidade

Vem ver como eu tô bem aceita que tô bem (hã hã)
Mim salt Que eu vo lá tô pronta pra decolar
To na subida
E ainda vou subir mais
A vida ensina
Atente se aos sinais
Só observe e vai Observe o agora

Só observe e vai
Só observe e vai

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Marcelo Argôlo

Marcelo Argôlo é jornalista e pesquisador musical. Autor do livro Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude, atua no mercado de comunicação e jornalismo musical desde 2012. Nesse período, teve passagens por redações, agências e assessorias. Atualmente se dedica ao Mix Me e a projetos de produção de conteúdo sobre música pop e negritude.

Veja mais ›
Fechar