Justiça pede bloqueio de conta financeira de Nego do Borel

Mais uma polêmica envolvendo o nome do Nego do Borel. A nova bomba é que a justiça do Rio de Janeiro pediu o bloqueio das contas bancárias relacionadas à produtora do artista, conhecida como LB Produções Artísticas Ltda.

publicidade
Nego do Borel
Justiça pede bloqueio de conta financeira de Nego do Borel (Reprodução)

A decisão judicial aconteceu depois de uma dívida feita pelo artista com convênios médicos Bradesco Saúde S/A, no valor acumulativo de R$ 22.241,29. O bloqueio das contas da empresa foi sugerido, já que o artista está sendo procurado pela justiça desde o início de 2022.

publicidade

Mas o processo já é antigo. O Bradesco entrou na justiça em 2022 quando acusou à produtora do artista de não pagar os boletos mensais do convênio médico.

O veículo de comunicação Notícias da TV teve acesso ao documento judicial contra Nego do Borel. “A parte autora para que efetue o recolhimento das custas/ taxa judiciária nos termos da certidão, no prazo de 15 dias sob pena de cancelamento da distribuição”, iniciou o documento.

publicidade

Essa não é a primeira vez que o artista é envolvido em casos judiciais. No ano passado, Nego do Borel não pagou o IPTU de uma casa que residiu entre 2017 e 2020. A dívida foi acumulada em mais de R$ 27 mil.

 Nego do Borel em A Fazenda 2022

De acordo com colunista Leo Dias, a Record TV analisa a possibilidade de convidar ex-peões para uma espécie de repescagem na nova edição. A nova oportunidade poderá levar dois ex-peões de volta ao reality show.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Ao que tudo indica, os selecionados serão pessoas polêmicas que passaram pelo programa. Vale lembrar que a participação de Nego do Borel movimentou dentro e fora da casa. Nas redes sociais, os fãs do reality fazem campanha para o retorno de participantes que irão garantir o entretenimento,
O artista foi expulso da 13ª edição do programa, com a acusação de ter estuprado a modelo Dayane Mello, em uma das festas do reality show.

A decisão da nova oportunidade ainda não foi consolidada. Os novos participantes devem assinar contrato até os últimos dias do mês de agosto. O programa inicia no dia 13 de setembro.

 

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar