Jordin Sparks e Kelly Rowland defendem Chris Brown: ‘Ele merece crescer’

No dia 20 de novembro deste ano, o canal estadunidense ABC exibiu a 50ª edição do American Music Awards. O cantor Chris Brown foi um dos vencedores na categoria de Artista Masculino de R&B Favorito, em uma votação popular. No dia seguinte, o artista se pronunciou no Instagram falando que a premiação o impediu de fazer a sua apresentação.

Chris Brown
Jordin Sparks e Kelly Rowland defendem Chris Brown (Reprodução/Instagram)

O cantor disse descobriu que não iria se apresentar no dia e Ciara também participaria da homenagem ao 40ª aniversário de Thriller (1982) de Michael Jackson (1958 – 2009). Em resposta, um porta-voz do Dick Clark Productions respondeu que o cancelamento foi devido à “direção criativa” e não por culpa dele. O pronunciamento só deu maior visibilidade para o assunto.

Em entrevista para o TMZ, a cantora e ex-Destiny’s Child, Kelly Rowland, afirmou que as pessoas deveriam perdoar Chris Brown. “Todos nós precisamos ser perdoados por qualquer coisa que possamos estar fazendo. Qualquer coisa que estejamos pensando. Todos nós falhamos de alguma forma, e a graça é real. E nós somos humanos. E todos merecem graça. Ponto”.

Kelly Rowland e Jordin Sparks defendem Chris Brown

A vencedor da 6ª temporada de American Idol concordou com as falas de Kelly Rowland ao defender Chris Brown, apesar de seus anos de comportamento abusivo. Também para o TMZ, Jordin Sparks comentou sobre o assunto. “Nós amamos o Chris. Ele deveria ter estado lá. As pessoas merecem ser capazes de crescer e aprender e ser capazes de viver suas vidas sem que as coisas estejam pairando sobre elas. Todo mundo merece isso … especialmente ele”.

A intérprete de No Air, parceira também com o cantor, comentou que o American Music Awards deveria ter deixado Chris Brown fazer a sua apresentação. Ela alegou que o cancelamento foi no último minuto. “Honestamente, acho que isso nem deveria mais ser uma conversa. É sobre o talento dele”, disse Sparks. Vale ressaltar que o artista tem um histórico de agressão contra mulheres.

Em 2009, Rihanna cancelou sua aparição no Grammy Awards, pois Chris Brown a agrediu. A voz de Umbrella recebeu socos, pontapés e mordidas, o que a levou ao hospital. Eles namoravam na época. Ao longo dos anos, o cantor recebeu várias acusações entre elas, ameaçar uma mulher com uma arma de fogo, violência física contra um fotógrafo. Além de uma queixa de violência sexual contra outra moça e  uma ex-namorada conseguiu uma ordem restritiva por ameaças após o término.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!