Jade Picon expõe pela 1ª vez caso de assédio na adolescência

Jade Picon contou sobre caso de importunação sexual que sofreu na adolescência
Jade Picon contou sobre caso de importunação sexual que sofreu na adolescência (Foto: Reprodução/YouTube)

Jade Picon chamou atenção após revelar caso de importunação sexual aos 15 anos. O relato aconteceu no programa “E você?“, comandado por Manuela Xavier. Esta é a primeira vez que Picon fala sobre a violência que sofreu.

A empresária contou estar acompanhada de duas amigas quando percebeu que um homem estava a observando com um tom malicioso. “Um dia eu estava num intercâmbio, na Inglaterra, e ao voltar da escola, vi que tinha uma pessoa parada na frente do meu prédio. Eu estava com duas amigas. Estranhei essa pessoa e o fato dela esperar a gente entrar no prédio para nos seguir“, começou.

A influenciadora explicou que ficou com “vergonha” de contar para as amigas o motivo de ter ficado com receio. Apesar de sua intuição ter alertado, Jade Picon e suas amigas optaram por entrarem no prédio. “Não deu outra: a gente entrou, ele entrou e ele passou a mão na gente. Foi um terror. Chamamos a polícia. Foi bem caótico, traumático“, contou.

Intuição de Jade Picon

Ainda em conversa com Manuela Xavier, Jade Picon afirmou que a situação a ensinou a não silenciar as suas percepções. A influenciadora contou que sempre foi muito sensível e intuitiva, mas que ignorava as ocasiões.

“A partir desse dia, decidi: eu nunca mais não vou me escutar. Todo o trauma é ruim, mas resolvi compreender o que aconteceu para tirar algo de bom, uma lição boa. Prefiro seguir acreditando no que não estou vendo do que pagar para ver.”

A empresária ainda reflete a importância de viver situações ruins para amadurecer e “dar sentido em sua vida“. Jade Picon deixou claro que prefere evitar situações quando não tem certeza, porém admite que nem sempre esse sentimento dá o caminho errado. “A intuição não é uma voz de sabedoria máxima. É um saber sem saber como. Até lá vai criar um fio condutor. Às vezes pode estar errado”, contou.

Importunação sexual x assédio sexual

A importunação sexual refere-se a atos libidinosos não desejados, como cantadas insistentes, abordagens invasivas ou toques indesejados. Juridicamente, muitas jurisdições caracterizam isso como um crime de menor gravidade, mas ainda assim, uma violação da privacidade e do consentimento da vítima. No Brasil, o crime de importunação sexual tem pena de 1 a 5 anos de prisão.

Por sua vez, o assédio sexual envolve condutas mais sérias e persistentes de avanços sexuais indesejados, criando um ambiente hostil, intimidante ou humilhante. No âmbito judicial, o assédio sexual é frequentemente considerado uma violação mais grave, muitas vezes associada a abuso de poder, e pode resultar em consequências legais mais severas.

Ambas as práticas são tipicamente condenadas pela legislação, com penas e sanções específicas para cada uma. As definições precisas podem variar conforme as leis locais, mas, em geral, a importunação sexual é considerada uma ofensa menos grave em comparação ao assédio sexual. Ambos os termos buscam proteger os direitos e a dignidade das vítimas, sendo essenciais para o entendimento e combate efetivo a tais comportamentos

Fique por dentro de tudo o que acontece no mundo dos famosos:

 

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!