Elliot Page relata depressão antes de transição e revela ameaça de morte

Estrelando na capa da revista internacional Esquireo ator Elliot Page abriu o seu coração sobre toda a repercussão de sua transição de gênero, relatando depressão e ameaça de morte.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

O indicado ao Oscar se tornou o homem trans mais famoso do planeta. Com a fama, também vieram muitos comentários de ódio, dos quais Elliot teve que ter muita “cabeça” para lidar com todos eles.

Em entrevista, Elliot Page relata depressão antes de transição e revela ameaça de morte (Foto: Reprodução/Esquire)
Em entrevista, Elliot Page relata depressão antes de transição e revela ameaça de morte (Foto: Reprodução/Esquire)
publicidade

Apesar de tudo isso, ele afirma que também recebeu muito carinho dos seus fãs.

“Não esperava [que a repercussão] que fosse tão grande. Em termos de qualidade real da resposta, foi o que eu esperava: amor e apoio de muitas pessoas e ódio e crueldade de tantos outros. Eu me assumi gay em 2014, e é diferente. A transfobia é tão, tão, tão extrema. O ódio e a crueldade são muito mais incessantes”, afirmou Elliot.

Ele também relatou um momento de tensão vivido ao sair de um hotel em que estava hospedado. O ator conta que, ao deixar o local, ele começou a ser xingado.

publicidade

Eu só queria atravessar a rua e não conseguia. Estava trânsito. Ele era tão alto, eu não poderia fazer nada fisicamente. Se eu falasse algo, ele poderia me retaliar. Se eu desse meia volta, ele poderia fazer outra coisa. Então fiquei parado olhando para frente”. Ao atravessar a rua, o homem então afirmou que mataria Elliot. “Eu corri, estava sozinho. Entrei em uma loja de conveniência e ele falou: ‘É por isso que preciso de uma arma'”, relatou.

Elliot Page também precisou lidar com a depressão, ansiedade e transtornos alimentares. “Não consigo especificar o pior dia. Mas quando Juno estava no auge… As pessoas vão pensar: ‘Você é famoso, tem dinheiro e [está reclamando que] teve que usar um vestido, que pena!’. Eu gostaria que entendessem que isso quase me matou.”

publicidade
Em entrevista, Elliot Page relata depressão antes de transição e revela ameaça de morte (Foto: Reprodução/Esquire)
Em entrevista, Elliot Page relata depressão antes de transição e revela ameaça de morte (Foto: Reprodução/Esquire)

“Eu estava realizando meus sonhos e, ao mesmo tempo, nem conseguia sair do hotel. Eu batalhei com a comida. Depressão profunda, ansiedade e ataques de pânico severos. Em alguns dias, eu saía de casa para uma reunião e voltava em seguida. Não conseguia ler roteiros e isso é uma das minhas coisas favoritas. Não conseguia passar de um parágrafo”, continuou.

O ator chegou a afirmar que nunca se imaginou envelhecendo como uma mulher. “Eu não me imaginava envelhecendo como uma mulher. Eu pensava: ‘Qual é meu futuro’. Não havia um. Era assim que eu me sentia. Eu falava: ‘Nunca fui uma menina, nunca vou ser uma mulher'”, disse o astro do cinema.

publicidade

“Posso ver com o problema do suicídio entre pessoas trans? Sim, eu posso ver profundamente. E não apenas ao ato muito consciente e direto de fazê-lo, mas também a certas ocasiões em que perdi muito peso ou quando estava tendo ataques de pânico tão graves e desmaiei várias vezes. Todas essas coisas que facilmente poderiam, e estatisticamente fazem, levar a morte. E tudo isso é uma manifestação desse trauma e desconforto que é uma questão desproporcional para pessoas transgênero. Houve momentos que tinha vontade de não estar aqui, mas foi apenas a sensação que me deixou. Não era um movimento de ação, além das maneiras pelas quais eu estava abusando do meu corpo, claramente”, afirmou.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Layne Bispo é formada em Administração pelo Centro Universitário UNIFG. Atua com produção de conteúdo para web há 5 anos e possui experiência nos nichos de entretenimento, educação, finanças e automobilismo. Atualmente dedica-se a redação do portal Mix Me, produzindo news sobre o mundo da música e cultura pop de um modo geral.

Veja mais ›
Fechar