CEO de gravadora expõe bastidores de show de Anitta no Rock in Rio

Após o fim do Rock in Rio 2022 no último domingo, dia 11 de setembro, nas redes sociais, internautas começaram a repercutir sobre as atrações do último dia, entre elas, o show de Ludmilla. A intérprete de Maldivas foi a headliner no Palco Sunset, onde levou uma grande estrutura para o espaço e fez um dos melhores apresentações nacionais. Com os elogios do público, alguns usuários compararam o espetáculo com a apresentação de Anitta.

O CEO da Crossover Records, Karrsou, fez um grande comentário em um post no Instagram, contando uma situação de tratamento diferente por parte do festival, que ocorreu com a artista no Rock in Rio 2019. “Só aceitaram porque ela ameaçou criar o próprio festival e expor o preconceito da família Medina com o funk“, disse ele.

No texto, o Karrsou também fala que os organizadores do Rock in Rio tentaram tirar o funk da setlist da cantora, mas não conseguiram. Um medley de Rap das aranhas, Rap da felicidade e Já é sensação, interpretados por Mc Andinho, abriu o show de Anitta em 2019. O show teve estética das caixas de som da Furacão 200, onde ela começou sua carreira.

Além do medley, das 17 canções apresentadas, o funk só esteve presente em apenas cinco músicas. Em Terremoto, parceria de Anitta com Mc Kevinho, Vai Malandra, Movimento da Sanfoninha, Favela Chegou, colaboração com Ludmilla e por fim, Bola Rebola, da cantora com Tropkillaz, J Balvin e Zaac.

Anitta teve medo no Rock in Rio

De acordo com o Karrsou, Anitta não falou muito no show, pois ficou com medo de abrir uma possibilidade para alegação de quebra de contrato. O empresário disse que trabalhou com pessoas da produção da cantora, e que ficou sabendo de várias coisas, que a cantora e sua equipe passou nas mãos de Roberto Medina. Anteriormente, o empresário falo que a hitmaker não era o perfil do festival.

Em seguida, ele afirmou que a produção do Rock in Rio se negou a pagar o cachê de R$ 250 mil de Anitta, mas que paga milhões para atrações internacionais, que não possuem o mesmo impacto da Garota do Rio no país. Outro ponto apontado por Karssou foi que a cantora foi impedida de ensaiar com seu balé, enquanto um outro artista gringo estava utilizando o espaço. Confira na íntegra todo o relato.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!