William Bonner desrespeita protocolo no Jornal Nacional após Brasil ser derrotado na Copa

bonner-desrespeita-protocolo-no-jornal-nacional-apos-brasil-ser-derrotado-na-copa
Bonner desrespeita protocolo no Jornal Nacional após Brasil ser derrotado na Copa. (Foto: reprodução/internet)

No Jornal Nacional desta quarta (2), o apresentador William Bonner classificou como uma “injustiça” a eliminação do Brasil na Copa do Mundo de futebol feminino, que acontece na Austrália e Nova Zelândia.

A derrota para a Jamaica marcou um momento crítico, sendo a última chance de Marta Vieira erguer a taça de campeã.

“O empate que eliminou a Seleção Brasileira da Copa do Mundo de Futebol Feminino representou um feito inédito para a Jamaica ao passar para as oitavas”, discursou o âncora.

“E também uma injustiça. Era a última chance da rainha Marta ser campeã mundial pelo Brasil”, acrescentou Bonner.

O primeiro bloco do telejornal foi inteiramente dedicado à competição entre as seleções, incluindo reportagens de Marcelo Courrege e Denise Thomaz Bastos sobre a partida decisiva.

Emoção e fim de linha para Marta

Marta, a estrela da seleção brasileira, emocionou-se ao falar sobre a renovação do esporte e seu próprio futuro:

“A Marta acaba por aqui. Não tem mais copa para a Marta. Estou grata de jogar mais um mundial, estou feliz de tudo que está acontecendo no futebol feminino no Brasil e no mundo.

Mas continuem apoiando. Para elas [as colegas de seleção] é só o começo. Para mim, é o fim da linha.”

Apoio contínuo e elogios a Marta

Renata Vasconcellos, co-apresentadora do Jornal Nacional, também deixou a formalidade de lado para elogiar a atacante, destacando a contribuição de Marta para o futebol feminino e expressando apoio contínuo: “Continuaremos apoiando, e a Marta é rainha”, arrematou a jornalista.

Saiba mais sobre William Bonner

William Bonner, cujo nome completo é William Bonemer Júnior, é um jornalista, publicitário e apresentador de televisão brasileiro, nascido em 16 de novembro de 1963, em Ribeirão Preto, São Paulo.

Ele é mais conhecido por ser o âncora do Jornal Nacional, o principal telejornal da Rede Globo, onde trabalha desde 1996.

Carreira profissional

William Bonner iniciou sua carreira em rádio, passando depois para a televisão. Ele trabalhou em emissoras como a Bandeirantes e a SBT antes de ingressar na Globo em 1986.

Sua carreira na Globo começou como editor e logo depois passou a atuar como apresentador de programas jornalísticos.

Em 1996, assumiu a bancada do Jornal Nacional, tornando-se um dos rostos mais conhecidos e respeitados do jornalismo brasileiro.

Além disso, Bonner desempenhou um papel ativo nos bastidores, atuando como editor-chefe do Jornal Nacional, responsável por importantes decisões editoriais.

Vida pessoal

William Bonner foi casado com Fátima Bernardes, também jornalista e apresentadora da Globo, com quem tem três filhos trigêmeos. Eles se separaram em 2016.

Estilo e reconhecimento

Bonner é conhecido por seu estilo sóbrio e profissional, mas também tem momentos em que mostra um lado mais descontraído.

Seu compromisso com a precisão e a clareza no jornalismo o tornou uma figura respeitada em sua profissão.

Ao longo de sua carreira, ele recebeu vários prêmios e honras, refletindo sua contribuição significativa para o jornalismo brasileiro.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!