Supostas vítimas de Ezra Miller quebram silêncio e fazem acusações

Polêmica! Em entrevista à revista Variety, duas mulheres que supostamente foram vítimas de Ezra Miller quebraram o silêncio e detalharam momentos vividos ao lado da estrela.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Um dessas mulheres alega que sofreu agressões por parte de Ezra após brincar com ele em um bar.

Para quem não lembra, em 2020, um vídeo repercutiu bastante na web. Nele, uma mulher é vista sorrindo e balançando os braços em direção ao artista, enquanto dizia: “Você quer brigar? É isso que você faz?”. Logo em seguida, ela as câmeras mostram a mulher sendo segurada pelo pescoço por Ezra.

publicidade
Supostas vítimas de Ezra Miller quebram silêncio e fazem acusações (Foto: Reprodução)
Supostas vítimas de Ezra Miller quebram silêncio e fazem acusações (Foto: Reprodução)

Além desse caso, Ezra também é acusado de agredir uma outra mulher alemã, identificada como Nadia. Em entrevista à Variety, essa mulher afirmou ter mantido uma relação de amizade a distância por cerca de dois anos com a estrela. Em 2020, os dois acabaram se encontrando e tendo relações sexuais consentidas.

publicidade

Eles voltaram a se encontrar em fevereiro de 2022. O encontro também foi amigável, mas chegou um momento em que a mulher pediu para que Ezra não fumasse dentro do seu apartamento, o que acabou deixando-o irritado.

“Aquilo mudou as coisas. Pedi para que fosse embora umas 20 vezes, talvez mais. Ezra começou a me xingar, que era ‘um pedaço de m*rda transfóbica’ e ‘nazista’. Foi muito estressante para mim. Ezra estava circulando pela casa, olhando e tocando em tudo, espalhando tabaco pelo chão. Foi nojento e muito invasivo.”, contou ela.

Segundo Nadia, após quase meia hora pedindo para que ele fosse embora, Ezra resolveu deixar o apartamento. Ela confessa que não sentiu medo de ser assediada sexualmente, mas que ficou apreensiva com medo de algum tipo de agressão física que poderia partir de Miller.

publicidade

Em abril deste ano, Nadia foi até a polícia e fez um boletim de ocorrência. Os investigadores chegaram a abrir uma investigação por invasão. No entanto, a denúncia não foi levada à frente devido a Ezra não estar mais morando na Alemanha.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Layne Bispo é formada em Administração pelo Centro Universitário UNIFG. Atua com produção de conteúdo para web há 5 anos e possui experiência nos nichos de entretenimento, educação, finanças e automobilismo. Atualmente dedica-se a redação do portal Mix Me, produzindo news sobre o mundo da música e cultura pop de um modo geral.

Veja mais ›
Fechar