Relembre ex-BBBs acusados de assédio no Big Brother Brasil

BBB
Relembre casos de assédio no BBB (Imagem: Reprodução / Globo)

Mc Guimê e Cara de Sapato, participantes do BBB 23, se tornaram nessa quinta-feira (dia 16/03) um dos assuntos mais comentados na internet após serem acusados pelo público de assedio contra a participante mexicana Dania Mendez, escolhida para o intercambio entre a casa mais vigiado do Brasil e o programa mexicano “La casa dos famosos”. Guimê e Sapato forçaram contato físico em várias ocasiões com Dania enquanto alcoolizados em uma festa. Mas a edição 23 do programa não é a primeira a ter polêmica com assedio. Relembre a seguir.

Daniel Echaniz – BBB 12

O primeiro caso denunciado pelo publico de assedio aconteceu em 2012. O participante Daniel Echaniz foi acusado de abusar sexualmente de sua colega de confinamento quando a mesma estava alcoolizada, os dois dormiram na mesma cama e as imagens das cobertas se mexendo causaram suspeitas. Daniel foi expulso do programa após a decisão do Boninho e na justiça foi denunciado e absolvido.

Laércio – BBB 16

Neste caso a denúncia surgiu de dentro da casa quando a participante Ana Paula demonstrou verbalmente seu desconforto com Laércio. Ana Paula alegou ter percebido que o participante fazia gestos obscenos e observava com malícia para as mulheres da casa. A sister também o acusou de pedófilo depois de Laercio fazer declarações que gostava de meninas mais novas de 17 e 19 anos. O participante não chegou a ser expulso, saiu do programa conforme a dinâmica em um paredão. Fora da casa Laércio foi preso por acusação de estupro de vulnerável.

Pétrix e Pyong – BBB 20 

Na edição 20 do programa houveram dois casos de denuncia de assedio. O primeiro sendo com o ginasta Pétrix que em uma festa passou dos limites ao tocar nos seios da participante Bianca Andrade, a famosa Boca Rosa, e encostou suas partes intimas em outra sister. Foi chamado a atenção de Pétrix no confessionário, o mesmo pediu desculpas e seguiu no programa até sua eliminação.

Pyong Lee foi o segundo caso do BBB20, o participante tentou beijar a sua colega de confinamento Marcela, além de ter comportamento inadequado com outras sisters. Pyong foi advertido e fora do programa prestou depoimento pelos seus atos na justiça.

Eliezer – BBB 22

Eliezer recebeu uma chamada da produção do programa ao tentar “encurralar” a participante Jessilane na piscina. A professora de Biologia verbalmente demonstrou seu desconforto várias vezes. No entanto, Elizer também foi vitima de assedio quando o participante Viny com o celular do programa deu zoom em suas partes intimas e recebeu uma chamada de atenção.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!