Quem é Toninho Geraes, compositor que acusa Adele de plágio

Toninho Geraes está sob os holofotes nos últimas dias. O compositor brasileiro move um processo contra a artista britânica Adele e o produtor americano Greg Kurstin por plágio.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Toninho Geraes
Com 35 anos de carreira, TOninho Geraes está sob os holofotes por conta do processo contra Adele. (Foto: Cris Gomes / Divulgação)

Apesar de desconhecido do grande público, Toninho Geraes é um requisitado compositor no mundo do samba e do pagode. Mineiro de nascença, ele mora no Rio de Janeiro desde 1979, onde construiu sua carreira.

publicidade

Agora, por conta do processo de plágio que o artista move contra a diva pop, ele está figurando nas manchetes dos principais veículos de imprensa do Brasil.

Contudo, Toninho já possui uma extensa carreira. Ele conta mais de 250 músicas gravadas em uma carreira de 35 anos.

publicidade

Suas canções já foram cantadas por nomes como Zeca Pagodinho, Diogo Nogueira e Beth Carvalho, além de Martinho da Vila, que deu voz ao samba “Mulheres”, o centro da polêmica.

O mineiro de alma carioca argumenta que a canção “Million years ago”, creditada a Adele e Kurstin, que foi lançada no álbum “25” em 2005, é um plágio do seu samba eternizado na voz de Martinho da Vila.

Discos de Toninho Geraes

Foi nos anos de 1980, recém chegado ao Rio de Janeiro, que o compositor foi levado para o mundo do samba. Ele conheceu Beto Sem Braço, compositor da escola de samba Império Serrano, que o levou para a roda de samba no Cacique de Ramos, uma das principais da cena.

publicidade

Por lá, ele conheceu Zeca Pagodinho, Almir Guinéto, Jorge Aragão e Arlindo Cruz. Com esses e outros nomes, Toninho construiu uma amizade que o ajudou a ganhar notoriedade no mundo das rodas de samba cariocas.

Além de compositor requisitado, o artista também tem uma extensa lista de discos lançados. O mais recente é Tudo Que Sou, Vol. 1: Fragmentos (Ao Vivo), que conta com a participação de Xande de Pilares.

A estreia de Toninho Geraes aconteceu em 1986, na coletânea Na aba do pagode. No álbum ele canta “Partido Remendado”, de sua autoria em parceria com Naval.

publicidade

Nesses anos, o artista lançou 6 álbuns de estúdio com canções autorais e inéditas, além do disco mais recente. Por conta da pandemia de Covid-19, o artista teve que interromper a agenda de apresentações de em bares da cidade e o projeto de lançamento do seu primeiro DVD.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Marcelo Argôlo

Marcelo Argôlo é jornalista e pesquisador musical. Autor do livro Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude, atua no mercado de comunicação e jornalismo musical desde 2012. Nesse período, teve passagens por redações, agências e assessorias. Atualmente se dedica ao Mix Me e a projetos de produção de conteúdo sobre música pop e negritude.

Veja mais ›
Fechar