Filmes de Hayao Miyazaki e Studio Ghibli: Vidas ao Vento e Mais

No universo mágico da animação, poucos nomes brilham tão intensamente quanto o de Hayao Miyazaki e o Studio Ghibli.

Com uma capacidade única de transportar os espectadores para mundos imaginários e cativantes, Miyazaki conquistou corações ao redor do globo com suas obras-primas cinematográficas.

Seja nas jornadas de autodescoberta de Chihiro ou nas aventuras épicas no céu, cada filme é uma janela para a criatividade sem limites e narrativas emocionais que transcendem gerações.

Neste artigo, embarcaremos em uma jornada pelo universo de filmes de Hayao Miyazaki e do Studio Ghibli.

Vamos explorar desde as primeiras criações que estabeleceram o alicerce desse legado até os épicos contemporâneos que continuam a encantar tanto os jovens quanto os jovens de coração.

Convido você a se perder nas páginas seguintes enquanto exploramos os contos emocionantes, os cenários meticulosamente detalhados e os personagens inesquecíveis que tornaram os filmes de Hayao Miyazaki e do Studio Ghibli.

Hayao Miyazaki: O Gênio por Trás das Animações

hayao-miyazaki-diretor-e-produtor-de-filmes-do-studio-ghibli-confira
Hayao Miyazaki (Foto: Reprodução/Internet)

No centro do cativante universo dos filmes do Studio Ghibli está Hayao Miyazaki, nascido em 5 de janeiro de 1941, no Japão.

Cresceu imerso nas histórias de aviação devido ao trabalho de seu pai na Miyazaki Airplane, influência que moldou muitos dos elementos aéreos encontrados em seus filmes.

Miyazaki desenvolveu desde cedo uma paixão pelo desenho e narrativa, o que o levou a uma carreira notável como diretor, produtor, roteirista e artista de mangá.

Sua abordagem única, combinando fantasia com reflexões profundas sobre a condição humana, o destaca como um verdadeiro gênio da animação.

A fundação do Studio Ghibli em 1985, co-fundado por Miyazaki e Isao Takahata, marcou um marco crucial em sua carreira. O estúdio se destacou pela criatividade, produzindo filmes que cativavam crianças e desafiavam convenções, abordando temas maduros.

A parceria entre Miyazaki e o Studio Ghibli resultou em obras-primas como “A Viagem de Chihiro” e “O Castelo Animado”. Esses filmes se destacam por sua animação detalhada e narrativas explorando a infância, a resiliência humana e a relação entre o ser humano e a natureza.

Miyazaki também é conhecido por sua paixão pelo voo, refletida em obras como “Porco Rosso” e “O Castelo no Céu”.

Sua fascinação pela aviação, combinada com sua habilidade de criar mundos mágicos, resultou em um legado duradouro que inspira cineastas e entusiastas da animação em todo o mundo.

Studio Ghibli: Magia Animada em Tela

studio-ghibli-magia-animada-em-tela-confira
Studio Ghibli (Foto: Reprodução/Internet)

Desde sua fundação em 1985 por Hayao Miyazaki e Isao Takahata, o Studio Ghibli emergiu como um farol de criatividade e excelência na indústria de animação.

Com uma abordagem dedicada à animação tradicional, o estúdio ganhou renome por sua capacidade de criar mundos visualmente deslumbrantes, repletos de detalhes que se desdobram em cada cena.

O Studio Ghibli não se contentou em ser apenas um produtor de filmes; ele se tornou uma casa de contos mágicos que exploram uma variedade de temas e emoções.

A dedicação ao artesanato da animação, combinada com narrativas profundas e personagens memoráveis, transformou cada produção em uma experiência única.

As obras do Studio Ghibli capturam a beleza da natureza e a complexidade das relações humanas, frequentemente com uma sensibilidade poética que toca os corações dos espectadores.

Seja explorando as maravilhas da infância em “Meu Amigo Totoro” ou confrontando questões existenciais em “Princesa Mononoke”, cada filme é uma jornada emocional que oferece vislumbres da riqueza da experiência humana.

Veja também: Livros que Viraram Filmes: As Principais Obras Baseadas em Livros

Os Filmes de Hayao Miyazaki e do Studio Ghibli

A filmografia de Hayao Miyazaki e do Studio Ghibli é um tesouro repleto de criações que cativaram gerações e atravessaram fronteiras culturais.

Entre essas joias cinematográficas, destacam-se filmes que não apenas encantaram os olhos, mas também tocaram profundamente os corações de todos que os assistiram.

1 – Vidas ao Vento:

“Vidas ao Vento” (também conhecido como “The Wind Rises”) é uma notável expressão da maestria de Hayao Miyazaki em contar histórias complexas com emoção e profundidade.

Lançado em 2013, o filme é um retrato poético da vida de Jiro Horikoshi, um engenheiro aeroespacial japonês que projetou aeronaves durante um período marcado por guerras e avanços tecnológicos.

A narrativa, ambientada em um cenário histórico turbulento do Japão pré-Segunda Guerra Mundial, destaca as aspirações de Jiro em meio às complexidades do mundo ao seu redor.

O filme mergulha nas contradições entre a busca por inovação e a consciência dos potenciais usos de suas criações para fins de guerra.

Miyazaki, com sua sensibilidade característica, tece a história de Jiro com elementos românticos e de sonho, enquanto explora as interações entre paixão, responsabilidade e as consequências inevitáveis de escolhas difíceis.

“Vidas ao Vento” não é apenas uma celebração do espírito humano e da busca pela excelência, mas também uma reflexão sobre os dilemas éticos e morais inerentes à criação em um mundo em constante mudança.

Com uma animação visualmente deslumbrante, o filme captura a beleza do voo e a ambição humana de maneira única.

Ao explorar os desafios pessoais e sociais que Jiro enfrenta, o filme oferece uma visão perspicaz da complexidade da vida e das escolhas que moldam destinos individuais e coletivos.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - FilmIsNow Movie Trailers International

2 – A Viagem de Chihiro:

Sem dúvida, “A Viagem de Chihiro” é uma das joias mais cintilantes no tesouro cinematográfico de Hayao Miyazaki. Lançado em 2001, o filme mergulha os espectadores em um mundo mágico e enigmático repleto de seres fantásticos e desafios emocionais.

A narrativa começa quando Chihiro, uma jovem garota, e seus pais descobrem um misterioso parque de diversões abandonado.

Rapidamente, a realidade se transforma em um reino espiritual, e Chihiro é lançada em uma jornada épica para resgatar seus pais e descobrir sua própria força interior.

A jornada de Chihiro é uma representação simbólica da transição da infância para a adolescência, explorando os desafios do crescimento e da autodescoberta.

À medida que ela encontra seres mágicos e enigmas intrigantes, ela é forçada a confrontar seus medos e inseguranças, desenvolvendo coragem e determinação ao longo do caminho.

Miyazaki habilmente tece elementos de folclore japonês e imaginação desenfreada para criar um mundo onde a magia e a realidade se entrelaçam de maneira cativante.

“A Viagem de Chihiro” transcende o entretenimento infantil, oferecendo uma meditação profunda sobre identidade, amadurecimento e resiliência.

O filme é uma celebração da força interior e da capacidade de superar obstáculos aparentemente impossíveis, enquanto nos lembra da importância de manter a curiosidade e a determinação, mesmo diante do desconhecido.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Fail Boom

3 – O Castelo Animado:

“O Castelo Animado” é uma prova viva da habilidade de Hayao Miyazaki de transportar o público para mundos repletos de magia e maravilhas.

Lançado em 2004, o filme é baseado no romance de Diana Wynne Jones e segue a história de Sophie, uma jovem que é enfeitiçada e transformada em uma senhora idosa.

Ela busca refúgio no misterioso Castelo do Mágico Howl, um lugar em constante transformação que reflete os estados de espírito de seus habitantes.

O filme é um testemunho da capacidade de Miyazaki de criar animação que desafia os limites da imaginação convencional.

O Castelo em si é um labirinto de corredores e salas que se conectam de maneiras surpreendentes, enquanto os personagens, desde o extravagante Howl até a gentil Sophie, são dotados de profundidade e complexidade.

Através desse mundo rico em detalhes, Miyazaki explora temas de aparência versus realidade, autodescoberta e o poder da empatia.

Confira o trailer da animação abaixo:

 

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

4 – O Serviço de Entregas da Kiki:

Lançado em 1989, “O Serviço de Entregas da Kiki” (título alternativo para “A Viagem de Kiki”) é uma história encantadora sobre a jornada de amadurecimento de uma jovem bruxa. Kiki, ao completar treze anos, parte em busca de sua identidade e objetivos pessoais.

Com seu gato preto, ela se estabelece em uma cidade costeira e abre um serviço de entrega aérea usando sua vassoura mágica.

O filme aborda temas de independência, autoconfiança e encontrar o próprio caminho. Miyazaki retrata a transformação de Kiki de maneira delicada e autêntica, capturando os altos e baixos da jornada para a vida adulta.

A narrativa celebra a determinação, resiliência e a capacidade de superar desafios, tornando-o um filme universalmente ressonante, especialmente para aqueles que enfrentam transições em suas próprias vidas.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

5 – O Reino dos Gatos:

Lançado em 2002 e dirigido por Hiroyuki Morita, “O Reino dos Gatos” é um filme que faz parte do catálogo do Studio Ghibli. Embora não tenha sido dirigido por Hayao Miyazaki, o filme ainda carrega a essência do estúdio em suas animações e histórias cativantes.

A trama segue Haru, uma adolescente que salva um gato de ser atropelado e acaba sendo levada para um mundo habitado por felinos humanoides. Para retribuir seu ato de bondade, os gatos organizam um banquete em sua honra e lhe oferecem presentes.

No entanto, Haru descobre que foi prometida em casamento a um príncipe gato e decide buscar a ajuda do Gato Barão para resolver essa situação.

“O Reino dos Gatos” mergulha nas aventuras de Haru em um mundo de fantasia, explorando temas de responsabilidade, coragem e a importância de ser verdadeiro consigo mesmo.

Através de uma narrativa encantadora e visualmente deslumbrante, o filme captura a essência da imaginação e do espírito aventureiro associado ao Studio Ghibli.

Cada obra é uma pincelada na tela da imaginação de Miyazaki e do Studio Ghibli, oferecendo uma experiência cinematográfica única e envolvente.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

Veja também: Filmes para Ver com a Família: Netflix, Amazon, Família Addams e Mais!

6 – Nausicaä do Vale do Vento (Nausicaä of the Valley of the Wind)

Lançado em 1984, “Nausicaä do Vale do Vento” é frequentemente considerado um precursor do Studio Ghibli, embora tenha sido lançado antes da fundação oficial do estúdio.

Dirigido por Hayao Miyazaki, o filme é uma adaptação do mangá original de Miyazaki e é um exemplo primordial de sua visão artística e narrativa.

A história se passa em um mundo pós-apocalíptico, onde a Terra foi devastada por guerras e poluição. Nausicaä é uma princesa corajosa e compassiva do Vale do Vento, uma pequena comunidade que prospera apesar das terríveis criaturas tóxicas que assolam a paisagem.

Nausicaä tem uma relação especial com a natureza e compreende as criaturas chamadas Ohmu, que muitos consideram inimigos.

O filme explora temas de ecologia, coexistência entre humanos e natureza, e a luta contra o ciclo de destruição. Nausicaä personifica a compaixão e a determinação em meio a conflitos ecológicos e sociais.

A animação detalhada e a imaginação exuberante de Miyazaki criam um mundo vívido e comovente, enquanto a trilha sonora de Joe Hisaishi aprofunda a experiência emocional.

“Nausicaä do Vale do Vento” estabeleceu muitos elementos que viriam a caracterizar as produções posteriores do Studio Ghibli, incluindo uma protagonista forte e temas ambientais profundos.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Hyperverso

7 – O Castelo no Céu (Castle in the Sky)

Lançado em 1986, “O Castelo no Céu” é uma aventura épica que mergulha os espectadores em um mundo de mistério e magia.

A história gira em torno de Sheeta e Pazu, dois jovens que se unem para descobrir os segredos por trás de uma pedra mágica que supostamente leva ao lendário Castelo Celestial.

O filme captura a essência da exploração e da descoberta, enquanto os protagonistas enfrentam vilões implacáveis e lutam para proteger a pedra de cair nas mãos erradas.

A trama se desenrola em meio a paisagens deslumbrantes, desde ruínas antigas até as maravilhas tecnológicas do castelo voador. Miyazaki habilmente tece elementos de fantasia e aventura com personagens carismáticos e emocionais, mantendo o público envolvido do início ao fim.

“O Castelo no Céu” é um testemunho do talento de Miyazaki em criar mundos imaginativos que cativam a imaginação dos espectadores. A exploração das profundezas da amizade e da coragem também adiciona uma dimensão emocional que torna o filme memorável e impactante.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - NIHONOMARU

8 – Meu Vizinho Totoro (My Neighbor Totoro) – 1988

Lançado em 1988, “Meu Vizinho Totoro” é um dos filmes mais icônicos do Studio Ghibli, conhecido por sua capacidade de evocar um senso de maravilha e inocência. A história segue as irmãs Satsuki e Mei enquanto se mudam para o campo para estar perto de seu pai hospitalizado.

Lá, elas descobrem seres mágicos chamados Totoros, que habitam a floresta ao redor de sua casa.

O filme é uma celebração da infância, amizade e conexão com a natureza. Totoro, uma criatura fofa e adorável, se tornou um ícone da cultura pop japonesa.

O filme capta a alegria e a curiosidade das crianças enquanto enfrentam situações emocionais delicadas, como a doença de seu pai. Miyazaki cria um ambiente encantador onde o cotidiano se mistura com o extraordinário, cativando espectadores de todas as idades.

“Meu Vizinho Totoro” é um exemplo notável do poder do Studio Ghibli em criar histórias que tocam o coração e permanecem na memória por sua capacidade de transmitir valores universais e emoções genuínas.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Studio Ghibli Brasil

9 – Porco Rosso

Lançado em 1992, “Porco Rosso” é um filme único dentro do catálogo do Studio Ghibli. A trama se desenrola em uma Europa fictícia entre as duas guerras mundiais e segue Porco Rosso, um piloto transformado em um homem-porco antropomórfico.

Ele se tornou um caçador de recompensas e enfrenta piratas aéreos no Mar Adriático.

O filme combina elementos de aventura, comédia e drama, criando uma narrativa que é tanto emocionante quanto reflexiva. Porco Rosso é um personagem cativante, com uma personalidade complexa que oscila entre bravura e melancolia.

A atmosfera nostálgica da época e os detalhes ricos da animação criam um mundo imersivo que transporta os espectadores para uma era passada.

“Porco Rosso” aborda temas de honra, identidade e aceitação pessoal, enquanto mergulha nas nuances das relações humanas. Através do uso magistral da animação e da música, Miyazaki traz à vida uma história que é simultaneamente divertida e profundamente tocante.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

10 – Princesa Mononoke (Princess Mononoke)

“Princesa Mononoke”, lançado em 1997, é um dos filmes mais ambiciosos e impactantes de Hayao Miyazaki.

Ambientado em um Japão feudal em conflito entre humanos e espíritos da floresta, a narrativa segue Ashitaka, um príncipe amaldiçoado, enquanto ele tenta mediar a disputa e encontrar uma cura para sua maldição.

O filme é notável por sua abordagem madura e complexa de temas ambientais e sociais. Através do conflito entre humanos e espíritos, Miyazaki explora as consequências da industrialização e da exploração desenfreada da natureza.

Os personagens são profundos e multifacetados, especialmente San, a Princesa Mononoke, que é uma defensora feroz da floresta.

“Princesa Mononoke” desafia as convenções de bem e mal, explorando os dilemas éticos enfrentados por todos os lados do conflito.

A animação espetacular e a trilha sonora evocativa de Joe Hisaishi intensificam as emoções da narrativa, tornando-o um filme inesquecível e uma obra-prima do Studio Ghibli.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

Veja também: Filmes Antigos de Terror dos Anos 90, 2000 a 2010

Melhores Filmes do Studio Ghibli:

Os filmes produzidos pelo Studio Ghibli que não foram dirigidos por Hayao Miyazaki também são verdadeiras joias cinematográficas, cada uma trazendo sua própria visão única e cativante para o universo do estúdio. Alguns exemplos são:

Túmulo dos Vagalumes (Grave of the Fireflies) –  (dirigido por Isao Takahata)

Lançado em 1988 e dirigido por Isao Takahata, “Túmulo dos Vagalumes” é um filme profundamente emotivo e impactante que explora os horrores da guerra sob a perspectiva de duas crianças.

Situado durante a Segunda Guerra Mundial no Japão, o filme segue Seita e Setsuko, irmãos que lutam para sobreviver em meio à destruição e à escassez.

O filme é conhecido por sua abordagem honesta e comovente das consequências humanas da guerra. Takahata não poupa o público das tristes realidades que Seita e Setsuko enfrentam, destacando a brutalidade e o sofrimento que as crianças enfrentam em um cenário de desespero.

A animação delicada contrasta com o tema sombrio, criando um impacto emocional poderoso.

“Túmulo dos Vagalumes” é um tributo à resiliência e ao amor fraternal, mas também serve como um lembrete doloroso das tragédias da guerra e seus efeitos devastadores na vida das pessoas comuns.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - versatilhv

Memórias de Ontem (Only Yesterday) – (dirigido por Isao Takahata)

Dirigido por Isao Takahata e lançado em 1991, “Memórias de Ontem” explora a vida de Taeko, uma mulher de 27 anos que viaja para o campo para colher safras de uva. Durante a jornada, ela reflete sobre suas memórias de infância, entrelaçando sua vida adulta com os eventos que a moldaram.

O filme é um mergulho profundo na introspecção e nas lembranças pessoais. Enquanto Taeko enfrenta desafios e faz descobertas sobre si mesma no presente, as cenas de flashback nos mostram sua jornada emocional durante a infância. A narrativa lida com temas de crescimento, autodescoberta e a sensação de nostalgia que muitas vezes acompanha a reflexão sobre o passado.

“Memórias de Ontem” destaca a capacidade do Studio Ghibli de contar histórias que ressoam com as experiências humanas, mesmo quando elas não são diretamente relacionadas a elementos fantásticos. O filme é uma meditação tocante sobre a vida, o tempo e as memórias que moldam quem somos.

Confira o trailer da animação abaixo:

 

Créditos - Canal Youtube - GKIDS Films

Sussurros do Coração (Whisper of the Heart) – (dirigido por Yoshifumi Kondo)

Lançado em 1995 e dirigido por Yoshifumi Kondo, “Sussurros do Coração” oferece uma perspectiva delicada e autêntica sobre os desafios e sonhos de uma adolescente chamada Shizuku.

A trama gira em torno de Shizuku, uma jovem apaixonada por livros e escrita, que se envolve em uma jornada de autodescoberta quando descobre que alguém misterioso já pegou todos os livros que ela retirou na biblioteca.

O filme capta a sensação de incerteza e empolgação da adolescência, enquanto Shizuku se esforça para entender suas paixões e objetivos. A narrativa também aborda a amizade e a importância de perseguir nossos sonhos, independentemente dos obstáculos que possam surgir.

“Sussurros do Coração” é um filme que ressoa especialmente com jovens espectadores, oferecendo uma perspectiva sincera sobre as lutas e triunfos da juventude.

A música e a trilha sonora desempenham um papel crucial na atmosfera do filme, contribuindo para a sensação de nostalgia e crescimento pessoal.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Trailers Byte Furado

Pom Poko – (dirigido por Isao Takahata)

Lançado em 1994 e dirigido por Isao Takahata, “Pom Poko” mergulha os espectadores em um conto mágico e ambientalmente consciente. O filme narra a história dos tanukis, criaturas folclóricas japonesas que vivem em florestas e têm a habilidade de se transformar em várias formas.

Conforme os humanos invadem seu habitat natural para construir cidades, os tanukis se unem para proteger suas terras.

“Pom Poko” é uma alegoria poderosa sobre os conflitos entre desenvolvimento humano e conservação ambiental. O filme aborda questões complexas, como urbanização desenfreada, perda de habitat e as dificuldades de coexistência entre seres humanos e natureza.

Ao mesmo tempo, o filme mantém um tom lúdico, com cenas que variam de transformações mágicas a momentos de humor.

A animação de “Pom Poko” é rica em detalhes, e a narrativa ressoa com um apelo universal pela preservação da natureza e pela conscientização sobre os impactos ambientais.

O filme é uma expressão artística e socialmente relevante do Studio Ghibli que ressoa tanto com crianças quanto com adultos.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - TrailerPT

Veja também: De Willy Wonka a Grindelwald: Os filmes e personagens de Johnny Depp

Da Colina Kokuriko (From Up on Poppy Hill) – (dirigido por Gorō Miyazaki)

Dirigido por Gorō Miyazaki, “Da Colina Kokuriko” é uma história terna e nostálgica ambientada no Japão pós-Segunda Guerra Mundial.

Lançado em 2011, o filme segue Umi, uma jovem que se envolve na preservação de um clube estudantil e se apaixona por Shun, um colega envolvido em atividades estudantis.

O filme captura a atmosfera da década de 1960, quando o Japão estava se recuperando das cicatrizes da guerra e abraçando uma nova era de esperança e renovação. “Da Colina Kokuriko” lida com temas de tradição versus progresso, memória e a conexão entre gerações.

A narrativa é delicada e alegre, apresentando personagens carismáticos e uma abordagem sutil à complexidade das emoções humanas. A animação captura a paisagem costeira e os detalhes da vida cotidiana, contribuindo para uma sensação de autenticidade e calor.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Crunchyroll Store Australia

As Memórias de Marnie (When Marnie Was There) – (dirigido por Hiromasa Yonebayashi)

Dirigido por Hiromasa Yonebayashi, “As Memórias de Marnie” é uma história envolvente sobre amizade, autodescoberta e os mistérios do passado.

Lançado em 2014, o filme segue Anna, uma adolescente introvertida que encontra uma amizade inesperada com Marnie, uma garota misteriosa que vive em uma casa isolada à beira-mar.

O filme aborda temas de solidão, ansiedade e a busca por pertencimento. Anna é uma personagem profundamente complexa, e suas interações com Marnie são tanto emocionais quanto mágicas.

A narrativa explora o poder das memórias e como elas moldam nossa percepção de nós mesmos e dos outros.

A animação é sutil e visualmente cativante, transportando os espectadores para a atmosfera da cidade costeira e da casa de Marnie.

“As Memórias de Marnie” é um exemplo de como o Studio Ghibli é capaz de contar histórias íntimas e emocionais que ressoam com o público, independentemente de quem esteja dirigindo.

Confira o trailer da animação abaixo:

Créditos - Canal Youtube - Vivo no Cinema

Emoções Além da Animação

No universo da animação, muitas vezes ligada ao entretenimento infantil, as obras do Studio Ghibli destacam-se. Essa exceção notável, incluindo filmes não dirigidos por Hayao Miyazaki, brilha.

Por meio de diversos diretores talentosos, essas películas cativam. Elas conduzem os espectadores a mundos mágicos, de reflexão e emoção, explorando com sensibilidade os desafios humanos em profundidade.

A diversidade de temas, estilos e abordagens demonstra a riqueza do catálogo do estúdio, que vai desde histórias épicas de guerra até contos íntimos de amizade e autodescoberta.

Através de cada obra, o Studio Ghibli ressalta que a arte da animação transcende fronteiras e idades, conectando-se profundamente com a essência da experiência humana.

Seja nas mãos de Hayao Miyazaki ou de outros diretores igualmente habilidosos, cada filme produzido pelo Studio Ghibli carrega consigo uma mensagem duradoura.

Essa mensagem é a de que a imaginação, a compaixão e a capacidade de contar histórias podem tocar os corações e as mentes de todos, independente de quem as conte.

Veja também: Os Maiores Sucessos: Filmes com Maior Bilheteria e Recordes Mundiais

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!