Beyoncé aumenta expectativa dos fãs com “Break My Soul”

Em junho deste ano, Beyoncé retornou à música com “Break My Soul”. A canção é o carro-chefe do “Renaissance”, seu sétimo disco solo de estúdio. A cantora acostumou seus fãs com álbuns visuais, quando todas as faixas de um projeto ganham um vídeo para chamar de seu ou um longa-metragem do material. Entretanto, o primeiro single do material ainda não tinha um clipe até agora. A artista inovou com a divulgação da canção.

publicidade

Na noite de quinta-feira (4), a interprete de “Best Thing I Never Had” lançou o vídeo para “Break My Soul”. Assim como na capa de “Renaissance”, Beyoncé aparece montada em um cavalo todo iluminado. Com seus cabelos longos e soltos e seminua, a artista está brigando pelo topo da principal parada de singles dos Estados Unidos, a Billboard Hot 100. Confira o clipe:

Como o próprio nome indica, Beyoncé enganou seus fãs com um vídeo fake de “Break My Soul”, aumentando ainda mais as expectativas em torno da canção. Já o “Renaissance” lidera com folga e deve estrear em primeiro lugar na Billboard 200, parada semanal com os 200 discos mais vendidos nos EUA.

publicidade

Beyoncé é sinônimo de aclamação

Entre os críticos, Beyoncé tem possui com o “Renaissance”, o segundo álbum mais aclamado do ano com nota 93 de 100 no Metacritic. O portal americano reúne críticas de álbuns, videogames, filmes, programas de televisão, DVDs e livros. Para cada produto, um valor numérico de cada crítica é computado e uma média aritmética ponderada.

Por enquanto, o álbum mais benquisto pelos críticos em 2022, é o “Motomami” com 94 pontos. O projeto é o terceiro disco da espanhola Rosalía. No Metacritic, Beyoncé possui um bom histórico com seus álbuns. Nenhum material da artista foi recebido de forma mista entre a crítica. A média de cantora com sua discografia solo é de 79 pontos.

Os três primeiros projetos da cantora foram bem recebidos: “Dangerously in Love” (63), “B’Day” (70), “I Am…Sasha Fierce” (62). Após o lançamento do “4” (73), a artista deu outro tom com o lançado de surpresa “Beyoncé” (85) e “Lemonade” (92). Sua maior média é com o álbum ao vivo “Homecoming: The Live Album” (95).

publicidade

Até em projetos paralelos, como o “Everything is Love”, seu álbum em colaboração com seu marido, o rapper Jay-Z, o casal teve 80 pontos com 22 críticas computadas. O álbum inspirado no live action do “Rei Leão”, o “The Lion King: The Gift” recebeu a nota 77 de média. É esperado que “Renaissance” ganhe um projeto audiovisual também. 

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Fabio Saraiva

Formado pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL), tem experiência como jornalismo de entretenimento e cobertura de reality shows. Apaixonado por música pop, projetos audiovisuais e televisão.

Veja mais ›
Fechar