Ataques racistas enfrentados por apresentadora da CNN são expostos com uma mensagem direta

ataques-racistas-enfrentados-por-apresentadora-da-cnn-sao-expostos-com-uma-mensagem-direta
Ataques racistas enfrentados por apresentadora da CNN são expostos com uma mensagem direta. (Foto: reprodução/internet)

A renomada jornalista Luciana Barreto decidiu enfrentar de frente os ataques racistas que sofre online.

Em uma publicação na plataforma X, antes conhecida como Twitter, ela trouxe à tona uma discussão profunda, usando seu próprio exemplo para elucidar a problemática.

A profunda relação entre o racismo e as redes sociais

Luciana reconhece que o ambiente virtual acolhe inúmeros discursos de ódio. Tanto que fez do seu mestrado, um espelho dessa realidade.

Com o tema “Discurso de ódio contra negros nas redes sociais”, ela não apenas analisou essa crescente onda de ataques, mas usou exemplos pessoais para demonstrar o quão tóxico esse ambiente pode ser.

“Eles não conseguem tolerar uma mulher negra em posição de poder”

Um dos pontos mais impactantes da publicação de Luciana foi sua análise sobre o que realmente incomoda os agressores online.

Segundo ela, é inaceitável para muitos ver “uma mulher, negra, falando sobre política, em espaço de poder”.

O racismo, entrelaçado com o machismo, produz uma tempestade de ataques direcionados a mulheres como Luciana.

A exposição como forma de educação

Luciana acredita que, ao contrário do que muitos pensam, é essencial expor certos ataques que ela recebe.

“Vou usar os discursos de ódio que eu mesma sofro para tentar mostrar pra vocês alguns pontos fundamentais”, disse.

Através da exposição desses comentários, ela detalhou o que desencadeia o descontentamento destes agressores.

Os ataques e suas estratégias

Dentre as estratégias, a primeira é o desconforto de ver “uma mulher negra, em espaço que eles consideram de privilégio de poder, discutindo política”.

Luciana também expôs mensagens depreciativas direcionadas à sua aparência, uma clara tentativa de minar sua autoestima.

No entanto, muitos desses agressores frequentemente optam por desqualificar o trabalho da vítima, sem citar a real motivação por trás do ataque.

Os perigos da distração e a importância da resiliência

O objetivo principal desses agressores é, segundo Luciana, distrair e minar o emocional. Mas ela é clara em sua mensagem final: não se pode deixar ser vencido por esses ataques.

“É claro que a gente não vai dar esse prazer ao hater, né?”, disse.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!