Apresentadora da Record TV é dispensada após alegar assédio

apresentadora-da-record-tv-e-dispensada-apos-alegar-assedio
Rhiza Castro denuncia assédio de diretor e é afastada da Record TV, gerando debates sobre a postura das empresas frente a tais acusações.(Foto: Reprodução/Instagram)

Recentemente, Rhiza Castro surpreendeu seus seguidores nas redes sociais ao anunciar sua saída da Record News. A causa da despedida da jornalista, entretanto, trouxe à tona uma questão grave. Diretamente de seu perfil no Instagram, ela relatou ter sido vítima de assédio, insinuando que essa denúncia provocou sua saída da emissora.

Além de compartilhar uma declaração escrita, a apresentadora também postou um vídeo detalhando a situação. “Gente, hoje eu estou vindo aqui para poder falar sobre um assunto que me machucou muito, que foi o motivo da minha saída da empresa que trabalhava. Eu sofri assédio sexual do meu diretor por quase um ano. No final, eu sofri retaliações porque, obviamente, não cedi… Eu não aguentava mais e decidi fazer a denúncia no RH da empresa”, compartilhou Rhiza, mantendo a discrição ao não mencionar nomes.

Seu relato

Conforme seu relato, Rhiza expressou que a Record não mostrou a devida atenção ao caso. “Não tinha feito boletim de ocorrência, nem nada. Ao abordar o RH sobre o incidente e questioná-los sobre a atitude a ser tomada, a resposta foi demitir-me dois dias após minha denúncia. Embora estivesse ciente de que tal desfecho era possível, eu nutria uma esperança genuína de que a empresa agiria com integridade e cuidado com seus funcionários”, desabafou.

Aprofundando-se nos detalhes, Rhiza informou que, devido à gravidade do acontecido, ela optou por buscar justiça legal. “Por conta dessa resposta inesperada e decepcionante, recorri à Justiça. Atualmente, enfrento um processo contra a empresa e um processo criminal contra o indivíduo em questão. Infelizmente, ainda não posso discutir os detalhes dos casos, pois estão sob sigilo judicial”.

Posteriormente

Posteriormente, a ex-funcionária da Record trouxe à luz outro aspecto perturbador: não era a única vítima do mencionado diretor. “Tenho muito orgulho de ter enfrentado esta situação e me libertado. Pode ser que eu tenha sido a única a tomar uma atitude, mas sei de várias outras mulheres que, assim como eu, foram vitimadas por esta pessoa”, ressaltou.

Concluindo seu relato, Rhiza refletiu sobre o impacto emocional de tais experiências. “É devastador sentir-se desvalorizada como profissional e, mais ainda, como mulher e ser humano. As consequências emocionais são profundamente traumáticas… No entanto, por enquanto, celebramos uma pequena vitória com uma decisão judicial favorável, embora ainda esteja sujeita a recurso. Infelizmente, não posso divulgar mais informações a respeito”.

Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade em primeira mão!

Temos uma super novidade! Agora também lançamos um canal incrível no YouTube, recheado de entrevistas e bate-papos exclusivos para os nossos seguidores.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quer ficar por dentro de tudo em primeira mão? Junte-se ao nosso canal do MixMe no WhatsApp e mergulhe no mundo do entretenimento 24 horas por dia! Participe e compartilhe as nossas notícias!