The Voice+: nova onda de Covid-19 pode adiar estreia do reality

Em meio a um novo surto de COVID-19 no início de 2022, a segunda temporada do The Voice+ pode ter sua estreia adiada por um tempinho. Isso porque muitos dos participantes acabaram sendo diagnosticados com o vírus nos últimos dias.

publicidade
Gravações do The Voice+ estão atrasadas após surto de COVID na Globo (Reprodução)
Gravações do The Voice+ estão atrasadas após surto de COVID na Globo (Reprodução)

Conforme informações do portal Uol, a TV Globo precisou dar uma pausa nas gravações do reality após o resultado positivo dos participantes. Até então não há informações concretas sobre a estreia do programa, que estava marcado para o próximo dia 30 de janeiro.

publicidade

Ainda segundo a publicação, foi apurado que, em apenas um dia, 76 pessoas que entraram nos Estúdios Globo para participar de gravações, testaram positivo, gerando um alerta máximo nos corredores da emissora.

“A estreia do programa segue prevista para o dia 30 de janeiro. Assim como todas as empresas, a Globo está acompanhando diariamente a evolução da nova variante da Covid e tomando medidas de acordo com a necessidade, tendo a segurança e a saúde de todos como prioridade sempre”, disse um comunicado da TV Globo.

publicidade

Novo alerta sanitário na emissora

E não apenas a produção do The Voice que está sendo acompanhada de perto, como também a do Big Brother Brasil 22. Isso porque nos últimos dias três pré-selecionados para o reality show testaram positivo ainda quando estavam confinados no hotel.

Depois que a notícia vazou na imprensa, a Globo emitiu um comunicado confirmou os casos de COVID-19 e garantiu que todos os positivados estão sendo cuidados com toda a atenção possível.

“Como parte do protocolo, são realizados testes em todos os participantes e, durante essa rotina, três deles, que estarão no elenco desta edição, testaram positivo”, disse.

publicidade

“Todos estão com as respectivas vacinas em dia – item obrigatório para a participação no reality -, passam bem, continuam isolados e estão sendo acompanhados por uma equipe médica. E, mesmo ansiosos para começarem a viver na casa mais vigiada do Brasil, assim permanecerão até que seja seguro deixarem o isolamento. Quando estiverem liberados pelos médicos, se unirão aos outros participantes, de um jeito inovador e sem prejuízo das dinâmicas do jogo”, disse.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.

Veja mais ›
Fechar