Rejeitado? Veja declarações comoventes sobre Rodrigo, do BBB 2022

correndo o risco de ser eliminado no paredão desta terça-feira (01), Rodrigo tem sido um dos participantes mais polêmicos do BBB 22, sendo considerado muito obcecado pelo jogo. Seu irmão, Diogo Mussi, falou sobre o integrante do grupo pipoca, em entrevista a coluna Léo Dias, do Metrópoles, e explicou alguns pontos da sua personalidade.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
BBB Rodrigo
Irmão de Rodrigo, conta em entrevista detalhes da infância do irmão. Foto: reprodução/Globo.

Diogo define o irmão como um “homem de 36 anos em busca de aceitação” e revela que o comportamento dele no BBB é reflexo das rejeições sofridas ao longo da vida.  “Parece que ele é um louco, que ele é uma pessoa noiada. E não é assim. As pessoas têm que entender o contexto. Ele sofreu rejeição a vida inteira”, conta.

publicidade

O irmão de Rodrigo revelou detalhes da infância difícil do gerente comercial e da relação conturbada com os pais.

“A nossa mãe mentia descaradamente e fazia uma lavagem cerebral de que a gente não tinha visto o que a gente viu. Quando a gente via ela com homens, ela dizia: ‘Isso não aconteceu! Isso não aconteceu! Não foi isso, é amigo da mamãe’. Então, a gente percebeu que a gente era enganado o tempo todo”, lembrou Diogo.

Ele ainda fala que o pai deles sempre deixou claro que preferia a esposa aos filhos. Inclusive, depois de sua morte, traumática para Rodrigo, toda a sua herança ficou com a companheira.

publicidade

“Quando ele estava se aproximando do nosso pai, tentando ter uma relação de pai pra filho, nosso pai morreu nos braços dele. Ele ficou em pânico, ele se escondia em baixo da mesa”, revelou.

Leia também:

publicidade

Diogo ainda relatou que ele e o irmão sofreram abuso sexual na infância. “A empregada tirava a roupa e desfilava pela casa, pedia pra gente ficar olhando. A gente tinha quatro, cinco anos de idade”.

Segundo ele, os problemas familiares fizeram com que Rodrigo se fechasse para o mundo e tivesse problemas com relacionamentos, por isso ele estaria apresentando um comportamento obsessivo dentro da casa do BBB.

“Ele tem medo de rejeição. Não estou justificando, só estou explicando o contexto, tem que ter acolhimento antes de haver punição. Ele não é uma pessoa ruim”, conclui.

publicidade

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Rafael Lima

Jornalimo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Possui passagem por assessoria de comunicação e produção de críticas musicais desde 2020 em redes sociais. Apaixonado pelo universo e cultura pop, pesquisa e produz conteúdo para o nicho desde 2019.

Veja mais ›
Fechar