Projota se arrepende de participação no BBB: “o que é que eu fui fazer lá?

Após a exposição diária do seu cotidiano na casa mais vigiada do Brasil, o artista Projota teve diversas repercussões negativas em sua carreira: de uma queda significativa em seus números nas redes sociais à perda de contratos e projetos, o cantor explicou em entrevista que sentiu o cancelamento na pele no ano de 2021. 

publicidade
Projota
Projota se arrepende de participação no BBB: “o que é que eu fui fazer lá?” (Foto: Reprodução/TV Globo)

Para os artistas, a decisão de participar do Big Brother Brasil leva em conta os possíveis impactos em sua carreira, e pode simbolizar uma oportunidade para o sucesso ou um passagem de ida ao fracasso.

publicidade

Após se envolver em polêmicas na edição de 2021, e ser um dos protagonistas de atitudes excludentes com Lucas Penteado, Projota se transformou num dos vilões do programa, e entendeu que o público divide os participantes entre os mocinhos e os malvados.

“Eu sabia que o “Big Brother” era assim, e não culpo ninguém além de mim. Não consegui entender que o tempo ali não seria suficiente para as pessoas verem que não existem anjos e demônios lá dentro, mas seres humanos. E sou impulsivo demais. Já perdi muito jogo na vida, mas ali veio tudo de uma vez. Perdi a avó por quem fui criado [ela morreu em junho], um cachorro e um gato. Perdi amizades, fãs, contratos e prestígio, perdi boa parte do alicerce que levei 20 anos para construir. Você se sente injustiçado, é como se tivesse passado um furacão.”, conta o artista em entrevista ao O Globo.

Além disso, o cantor também revelou que, após o reality, viveu um dos piores momentos de sua vida, e que o “cancelamento” sofrido atingiu sua saúde mental.

publicidade

Como uma forma de expressão e libertação, o cantor se utilizou desse redemoinho de sentimentos para escrever a canção “Volta”, faixa do seu álbum inédito e que trata sobre sua experiência com o BBB.

“Quando saí da casa, estava ainda com uma energia muito negativa. Eu escrevia e ficava uma coisa meio raivosa, ou muito de coitadinho. Tive que esperar o tempo passar”, afirma sobre a nova composição.

publicidade

No entanto, após os primeiros meses e passados os piores momentos, Projota afirma que viu novos caminhos se abrirem, e que o suporte de sua família foi fundamental para conseguir se manter minimamente são.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Eu estava me sentindo totalmente derrotado. Já tive depressão e posso falar: se não fosse pela minha esposa e pela minha filha, talvez eu não estivesse aqui agora. Mas, depois de tudo, ganhei seguidores, contratos, publicidade, coisas que não aconteciam para mim no rap. Consegui humanizar minha imagem. Dancei axé, me maquiei, brinquei, fiz de tudo e muita gente viu isso. Hoje consigo valorizar o “BBB”. Quando saí da casa, eu só pensava: “Mano, o que é que eu fui fazer lá?”, desabafa o cantor

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar