Pitty lança selo com o EP “Casulo”, que reúne nomes como Jup do Bairro

A cantora Pitty lançou na última sexta (07) o EP “Casulo” em todas as plataformas digitais, o primeiro projeto do selo de mesmo nome criado pela própria artista. O objetivo do empreendimento é lançar produções que possam vir paralelamente a seu trabalho solo.

publicidade

O EP “Casulo” conta com 4 faixas com participações especiais, como por exemplo, Jup do Bairro.

“Diamante” (Pitty/Drik Barbosa/ Weks), que ganhou um clipe que chega junto com o EP, “Busca Implacável” (Pitty/ Badsista/Jup do Bairro), “Diário” (Pitty/ Monkey Jhayam/ Mau/ Bruno Buarque/ Cris Scabello) e “Simplesmente Fluir” (Pitty/ Pupillo), são as faixas presentes até o momento neste novo projeto de Pitty.

publicidade
Pitty
Pitty lança selo com o EP “Casulo”, que reúne nomes como Jup do Bairro (Imagem: Divulgação)

Por incrível que pareça, as músicas deste novo EP foram criadas durante o programa “Casulo Musical”, em que a cantora recebeu vários artistas convidados e criou com eles, ao vivo, músicas totalmente inéditas.

“O processo de criação foi tão diferente, liberto, fora do comum, para mim e pra geral que participou. Um aprendizado que ainda não consigo mensurar, mas percebo a cada coisa que botamos no mundo do projeto, cada vez que eu vejo as imagens, ouço as músicas, quando penso nesses artistas incríveis e o quanto fluímos juntos nessa aventura. Já curtia o som de cada uma e cada um deles, e agora sou fã dessas pessoas também”, comentou Pitty.

publicidade

Em entrevista ao portal Tenho Mais Discos Que Amigos!, Pitty falou um pouco sobre este seu novo projeto. De acordo com ela, hoje em dia é importante ter selos e espaços que mostrem o novo no mercado.

“Tanta banda e artista massa! Penso que o modelo atual, calcado em números, likes e fotos, sacrifica a arte e os criadores. Fica tudo vazio e baseado em ilusão: nem todo mundo sabe, mas muitos números e charts e “posições” são compradas”, revela Pitty sobre os rankings das plataformas de streaming.

publicidade

Ela ainda completa: “Ou seja, pra quem tem cacife, o jabá só mudou de lugar. É um engodo que se vê claramente na prática: às vezes a pessoa tem milhões de views, mas não enche uma casa pra 3 mil pessoas. Não segura uma hora e meia de palco num festival, porque não tem repertório. Não construiu base pra isso. Não faz sentido, né?”

Assista ao clipe de “Diamante” do EP Casulo, de Pitty:

Letra

publicidade

Tantas vozes
Eu me lembro bem
Me forçando a calar
Tantos dedos apontados
Sem propriedade pra falar
Tu tá com tempo?
Tanto esforço, hein
Só pra me julgar, só pra me julgar
Foi luta, não foi sorte

Hey!
Ouvi que sorte é estar preparada pra ocasião
Mas que artefatos possuímos na mão?
E cansa
Luta
Cansa, viu?

Presa em manchetes garrafais
Inocentada numa nota de rodapé
Um dedo pra frente são quatro pra trás
E quem não tem teto de vidro que atire

publicidade

Essas pedras que nos atiraram
Viraram trincheiras
Autodefesa
Que só devem proteger
Nunca te fechar

Tantas vozes
Eu me lembro bem
Me forçando a calar
Tantos dedos apontados
Sem propriedade pra falar
Tu tá com tempo?
Tanto esforço, hein
Só pra me julgar, só pra me julgar
Foi luta, não foi sorte

De tanto se anular
Ficou até transparente
Já nem se sabe mais
Se ainda é gente
Já nem tem mais voz pra falar
Quer dizer, não tinha (e tem)

publicidade

Afeto é ferramenta
Que não devia ser luxo
Queremos celebrar
E chorar
Chorar, chorar de rir

Nós
Pronome coletivo
Que só quem é sabe
Pronome coletivo
Que só quem é sabe
Só quem é sabe
Só quem é

Essas pedras que nos atiraram
Viraram trincheiras
Autodefesa
Que só devem proteger
Nunca te fechar

publicidade

Tantas vozes
Eu me lembro bem
Me forçando a calar
Tantos dedos apontados
Sem propriedade pra falar
Tu tá com tempo?
Tanto esforço, hein
Só pra me julgar, só pra me julgar
Foi luta, não foi sorte

E se for pra tacar pedra
Que seja diamante
Não menos que isso
Que seja diamante

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Layne Bispo é formada em Administração pelo Centro Universitário UNIFG. Atua com produção de conteúdo para web há 5 anos e possui experiência nos nichos de entretenimento, educação, finanças e automobilismo. Atualmente dedica-se a redação do portal Mix Me, produzindo news sobre o mundo da música e cultura pop de um modo geral.

Veja mais ›
Fechar