Novo vídeo mostra momento em que Bruno Krupp atropela adolescente; assista

Um novo vídeo divulgado, nesta sexta-feira (5), mostra o momento exato em que o modelo Bruno Krupp passa em alta velocidade e atropela o adolescente João Gabriel Cardim, de 16 anos. O acidente aconteceu no último dia 30 de julho, na altura do Posto 3 da orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

publicidade

As novas imagens são de câmeras de seguranças, que mostram o momento em que o ex-namorado da influenciadora Sarah Poncio atropela o adolescente de 16 anos, que atravessava a avenida ao lado de sua mãe, a cerca de 20 metros da faixa de pedestres. Bruno Krupp estava dirigindo uma moto em uma velocidade muito maior do que a permitida na via, que é de 60km/h.

No momento da batida, a colisão foi tão forte que João Gabriel teve sua perna decepada. De acordo com testemunhas, Bruno Krupp estava dirigindo a mais de 150km/h. No hospital, o adolescente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O modelo não tinha habilitação para dirigir e o veículo estava sem placa.

publicidade

Obtido pelo jornal O Globo, o vídeo mostra também o momento após o atropelamento, onde um carro passa e não para para prestar algum socorro. Em seguida, pessoas que estavam na orla do Posto 3 se aproximam da mãe de João Gabriel, que correu para o encontro do filho. A perna que foi amputada foi arremessada 50 metros à frente do acidente. Foi encontrada no gramado entre o calçadão e a areia da praia.

Três dias antes do acidente, Bruno Krupp foi parado em uma blitz da Lei Seca, enquanto dirigia a mesma moto. O modelo de 25 anos se recusou a soprar o bafômetro e recebeu três multas, que juntas somam R$ 4 mil. Além do atropelamento que resultou na morte do menor de idade, ele também é investigado por estelionato e estupro.

Bruno Krupp é acusado de estelionatário e estupro

A denuncia de estupro contra Bruno Krupp teve registro na Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (Deam). Para a polícia, uma mulher prestou depoimento, onde relatou que foi até o apartamento do modelo. De acordo com ela, eles iniciaram a relação sexual, mas em um momento pediu para parar, mas foi ignorada pelo homem, que continuou o ato. Ele nega as acusações.

publicidade

Em relação a acusação de estelionato, uma gerente de um hotel no Rio prestou depoimento a 15° Delegacia Policial do Rio de Janeiro. De acordo com a mulher, o cartão de vários clientes foram recusados e que o modelo ofereceu diários no hotel a preços menores. Os clientes fizeram o pagamento em uma conta no nome de outra pessoa para poderem se hospedar. A fraude foi estimada em R$ 428 mil. Bruno Krupp saiu do hotel antes do estabelecimento conseguir contestar os cartões.

Bruno Krupp está na UTI em um hospital particular na Zona Norte do RJ sob custódia policial pela morte e pelo atropelamento de João Guilherme. A Justiça do Rio expediu um mandado de prisão contra o rapaz, que responde por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. Confira o vídeo do momento da colisão, as imagens são fortes:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Fabio Saraiva

Formado pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL), tem experiência como jornalismo de entretenimento e cobertura de reality shows. Apaixonado por música pop, projetos audiovisuais e televisão.

Veja mais ›
Fechar