Neymar revela onde quer se aposentar e entrega algo curioso

Neymar quer se aposentar no PSG
Neymar quer se aposentar no PSG (Foto: STEPHANE DE SAKUTIN / AFP)

Acaba de chegar mais um capítulo da relação entre Neymar e PSG. Com contrato até 2027 junto ao time francês, o craque brasileiro, que ao fim do contrato estará com 35 anos, afirmou que deseja encerrar sua carreira no próprio PSG.

No clube desde 2017, Neymar já chegou em Paris com a missão de conquistar a inédita Champions League para o time francês. Seis anos se passaram e a missão ainda não foi concluída, considerando que o brasileiro foi contratado como o jogador mais caro da história, os fracassos na competição continental ano após ano estão irritando o sheik Nasser Al-Khelaïfi, o “homem do dinheiro” no PSG.

Atualmente, Neymar está fora dos gramados por conta de uma cirurgia no tornozelo e só volta na próxima temporada. Além do camisa 10, as situações de Mbappé e Messi no PSG ao fim da atual temporada também não estão definidas.

Sonhos não conquistados

Já foi informado que o Chelsea teria interesse em Neymar, mas o brasileiro segue convicto de que ficar no PSG é a melhor opção para sua carreira. De acordo com o portal ‘The Athletic’, Neymar ainda mantêm vivo o sonho de conquistar a Champions League pelo clube francês. Na temporada de 2019/2020, o brasileiro foi protagonista na reta final da Champions, conseguindo levar o time até a inédita final, o título estava perto, mas a equipe foi derrotava pelo Bayern de Munique na decisão.

Outro sonho de Neymar quando chegou ao PSG era ter sido eleito o Melhor jogador do Mundo. O prêmio nunca veio e o brasileiro já até afirmou ter desistido, mas a vontade de levar o maior título do futebol europeu para a França segue vivo.

Com a camisa do Paris Saint-Germain, Neymar já fez 173 partidas e 118 gols marcados, o brasileiro é um dos maiores artilheiros da história da equipe, além dos 13 títulos conquistados.

Apesar dos bons números quando entra em campo, Neymar não tem o melhor dos relacionamentos com a torcida do PSG, que constantemente o culpa por derrotas. Mesmo com os problemas na França, a expectativa é de que o camisa 10 agora siga firme e forte no time para a próxima temporada