Mulher filmada em show de Henrique e Juliano denuncia abuso

Géssica Gomes, jovem de 31 anos que foi filmada durante um show da dupla Henrique e Juliano, denunciou que sofreu abuso sexual na ocasião. O vídeo contendo as imagens circulou nas redes sociais e gerou muita polêmica. A apresentação da dupla sertaneja aconteceu no dia 5 de junho, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

publicidade
Mulher filmada fazendo sexo em show de Henrique e Juliano denuncia estupro (Foto: Divulgação)
Mulher filmada durante show de Henrique e Juliano denuncia abuso sexual (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao G1, a cabelereira contou que não se lembra de nada do que aconteceu e que descobriu que havia sido abusada porque recebeu o vídeo no dia seguinte ao evento, enviado por uma pessoa no intuito de alertá-la.

publicidade

“Eu lembro de estar bebendo cerveja, depois de uma luz no meu rosto e de falar ‘apaga a luz’, mas não tinha noção do que estava acontecendo, muito menos de que tinha alguém filmando. […] Minha vida não é mais a mesma depois dessa exposição toda. Eu quero expor a minha versão”, disse Géssica.

A vítima, que é casada e mãe de duas meninas, de 7 e 15 anos, contou que a família inteira foi afetada pela repercussão das imagens, que permanecem com a autoria e o responsável pela publicação desconhecidos.

A cabeleireira Géssica Gomes foi filmada em cena de sexo durante show da dupla Henrique e Juliano (Foto: Reprodução)
A cabeleireira Géssica Gomes foi filmada durante show da dupla Henrique e Juliano (Foto: Reprodução)
publicidade

A cabeleireira relata que o vídeo foi repassado com uma afirmação de que ela e o marido ganhariam uma garrafa de uísque. Ela desmentiu essa versão e reafirmou que não se lembra de nada do que aconteceu, suspeitando que tenha sido dopada.

Géssica contou que estava com o marido e que ele também não tem nenhuma memória do ocorrido durante o show da dupla sertaneja. Segundo ela, o companheiro também tem sido alvo de chacota e, no momento do abuso, não teve nenhuma reação porque não entendia o que estava acontecendo.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Eu jamais faria uma coisa dessas, nem uísque eu bebo. Meu marido também nunca deixaria isso acontecer. Quem filmou e enviou o vídeo divulgou [meus perfis nas redes sociais] e meu número”, contou.

A jovem ainda relatou que recebe críticas, mensagens de pessoas a julgando, perdeu clientes no salão de beleza e pessoas começaram a ir pessoalmente ao local de trabalho dela para fazer “piada”. Por isso, ela não está conseguindo ir trabalhar.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Rafael Lima

Jornalimo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Possui passagem por assessoria de comunicação e produção de críticas musicais desde 2020 em redes sociais. Apaixonado pelo universo e cultura pop, pesquisa e produz conteúdo para o nicho desde 2019.

Veja mais ›
Fechar