Madonna promete Madame X também nos stremings de música

Os fãs de Madonna estão ansiosos para o novo lançamento da artista. Na próxima sexta, dia 08 de outubro, chega na Paramount+ o documentário musical “Madame X: music from the theater experience”. Para aumentar a expectativa, a rainha do pop ainda prometeu soltar o áudio do material nas plataformas de streaming.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Madonna
Madonna deixou os fãs ansiosos com a promessa de disponibilizar o “Madame X“ nos streamings de música (Foto: Divulgação)

Gravada no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a apresentação reúne um repertório político em que Madonna seleciona clássicos e novas canções em um roteiro que se centra em uma célebre frase do escritor norte-americano James Baldwin: “Artistas tem a função de perturbar a paz”.

publicidade

No repertório, estão confirmadas “God Control”, “Batuka”, “American Life”, “Frozen”, “Like a Prayer”, entre outras. Vale lembrar que o álbum “Madame X” contou com uma colaboração da Rainha do Pop com a brasileira Anitta, intitulada “Faz Gostoso”.

O show é da turnê referente ao álbum Madame X, o décimo álbum de estúdio de Madonna, lançado em 2019. Os shows, inclusive, arrecadaram nada mais nada menos que quase 40 milhões de dólares, segundo informou a Billboard.

publicidade

A Madame X Tour foi uma turnê intimista, realizada também em 2019, com apresentações apenas em teatros. Foram mais de 15 shows em Nova York, e ainda seguiu por Chicago, Las Vegas e outras cidades dos EUA, além de cidades europeias como Lisboa, Londres e Paris.

No início da semana, Madonna já havia divulgado um teaser do “Madame X. O vídeo mostra uma encenação dramática nos palcos, trazendo a artista como uma agente secreta sexy.

publicidade

No teaser, Madonna surge como Madame X, usando um tapa-olho. Há ainda imagens de algumas danças em preto e branco da filha dela, Lourdes. Sobre a estreia do filme, a artista comentou:

“Não havia nada entre mim e a multidão, e essa foi uma experiência incrível. Eu precisava documentar isso – o processo, os ensaios, o show em si, o que estava em minha mente, o que inspira certas músicas. É um programa diferente, é uma época diferente da minha vida”.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Marcelo Argôlo

Marcelo Argôlo é jornalista e pesquisador musical. Autor do livro Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude, atua no mercado de comunicação e jornalismo musical desde 2012. Nesse período, teve passagens por redações, agências e assessorias. Atualmente se dedica ao Mix Me e a projetos de produção de conteúdo sobre música pop e negritude.

Veja mais ›
Fechar