Lollapalooza 2022: Marcelo D2 ironiza TSE e puxa coro à favor de Lula

Depois da decisão do ministro Raul Araújo de proibir manifestações políticas no Lollapalooza 2022, Marcelo D2 sobe ao palco e quebra a proibição. O momento ainda teve coro à favor do ex-presidente Lula. Vale ressaltar, que Marcelo D2 não estava escalado para o festival, mas de última hora foi convidado para participar do tributo em homenagem a Taylor Hawkins.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Marcelo D2
Lollapalooza 2022: Marcelo D2 ironiza TSE e puxa coro à favor de Lula (Reprodução)
publicidade

A medida foi feita pelo partido do Jair Bolsonaro, o PL, que acionou a instituição federal, após a cantora Pabllo Vittar levantar uma bandeira com a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante  apresentação no primeiro dia do festival.

publicidade

A maioria dos artistas ignoraram a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pontuaram desafeto com atual governo de Jari Bolsonaro (PL). Durante o show de D2, o cantor cantou um trecho de um dos jingles de Lula.

publicidade

A decisão foi motivo de movimentações na redes sociais. O apresentador Luciano Huck deu sua opinião: “Num festival de música, quem decide se vaia ou aplaude a opinião de um artista no palco é a plateia e não o TSE. Ou ligaram a máquina do tempo, resgataram o AI-5 e nos levaram pra 1968?”, disse em nas redes sociais.

publicidade

 

Outro famoso a se pronunciar foi o youtuber Felipe Neto. “Artistas no Lolla, Mtos não podem lidar com perseguição do governo. Caso sejam perseguidos por se posicionarem, nosso movimento Cala Boca Já Morreu se dispõe a ajudá-los com a defesa. Se alguém for condenado e precisar, eu ajudo a pagar essa multa ilegal. Enfrentem!”, pontuou o influencer.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar