Grammy Latino 2021: confira os brasileiros vencedores da premiação

O Grammy Latino 2021 entregou diversos prêmios para artista brasileiros na noite desta quinta-feira (18), em cerimônia de premiação no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas.

publicidade
Anavitória foi destaque no Grammy Latino 2021 (Reprodução)
Anavitória foi destaque no Grammy Latino 2021 (Reprodução)

Apesar de dar mais espaço para lançamentos em língua de origem hispânica, o Brasil foi destaque em categorias voltadas para a língua portuguesa. A dupla Anavitória, por exemplo, saiu como a maior vencedora do país.

publicidade

A dupla levou o prêmio de “Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa”, para o recém lançado Cor. Elas também conquistaram o troféu de “Melhor Canção em Língua Portuguesa” por Lisboa, parceria com Lenine.

Ivete Sangalo também foi destaque pelo prêmio de “Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa”, por Arraiá Da Veveta. Esta é a segunda vez que a baiana leva o mesmo prêmio, a última vez foi em 2005 pelo MTV ao Vivo.

publicidade

Já na categoria “Melhor Álbum de Música Sertaneja” a dupla Chitãozinho e Xororó levou a melhor com o lançamento do álbum especial Tempo de Romance, que marca os 50 anos de carreira dos irmãos. Eles disputavam o prêmio com o elogiado Patroas, de Marília Mendonça e com Maiara & Maraísa.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Confira os vencedores das categorias brasileiras do Grammy Latino 2021:

Melhor Canção em Língua Portuguesa

  • “A Cidade” — Chico Chico e João Mantuano
  • “Amores e Flores”— Melim
  • “Espera a Primavera” — Nando Reis
  • “Lágrimas de Alegria” — Maneva & Natiruts
  • “Lisboa” — Anavitória e Lenine
  • “Mulheres Não Têm que Chorar” — Ivete Sangalo & Emicida

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa

  • “Cor” — Anavitória
  • “A Bolha” — Vitor Kley
  • “Duda Beat & Nando Reis” — Duda Beat e Nando Reis
  • “Será que Você Vai Acreditar?” — Fernanda Takai
  • “Chegamos Sozinhos em Casa” — Tuyo

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa

 

  • “Álbum Rosa” — A Cor do Som
  • “Emidoinã” — André Abujamra
  • “Oxeaxeexu” — BaianaSystem
  • “Assim Tocam Meus Tambores” — Marcelo D2
  • “Fôlego” — Scalene
  • “O Bar me Chama” — Velhas Virgens

Melhor Álbum de Samba/Pagode

 

  • “Rio: Só Vendo a Vista” — Martinho Da Vila
  • “Sempre Se Pode Sonhar” — Paulinho da Viola
  • “Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter no Pagode Black Tie” — Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter
  • “Samba de Verão” — Diogo Nogueira
  • “Onze (Músicas inéditas de Adoniran Barbosa)” — Vários Artistas

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira

 

  • “Canções D’Além Mar” — Zeca Baleiro
  • “H.O.J.E” — Delia Fischer
  • “Tempo de Viver” — Thiago Holanda
  • “Bom Mesmo É Estar Debaixo D’Água” — Luedji Luna
  • “Do Meu Coração Nu” — Zé Manoel

Melhor Álbum de Música Sertaneja

  • “Tempo de Romance” — Chitãozinho e Xororó
  • “Daniel em Casa” — Daniel
  • “Patroas” — Marília Mendonça, Maiara & Maraísa
  • “Conquistas” — Os Barões da Pisadinha
  • “Pra Ouvir no Fone” — Michel Teló

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.

Veja mais ›
Fechar