Gilberto Gil chama Bolsonaro de louco em entrevista na França; entenda

Longe do território brasileiro, Gilberto Gil levou a música e também pautas políticas para o continente europeu.

publicidade

Diante da lamentável situação do Brasil, o artista fez questão de pontuar apolítica brasileira em entrevista ao site FranceInfo Culture, no último domingo (31).

Um dos principais pontos abordados na conversa foi a pandemia e a forma como o Governo Bolsonaro vem guiando a crise sanitária. 

publicidade
gilberto gil europa turne governo politica
Gilberto Gil chama Bolsonaro de louco em entrevista na França; entenda (Foto: Flora Gil / Reprodução Instagram)

Apesar da conversa mergulhar na música e no universo de Gil, o momento também ganhou, naturalmente,  proporção política, já que tudo sempre será político, ainda mais para o artista em questão.

publicidade

“Eu estava acompanhando de perto a evolução da situação, do lado da ciência, da medicina, da pesquisa… Fui paciente, esperei, esperei. Depois, foi algo da ordem de se acostumar com essa situação, com as dificuldades do dia a dia”, conta Gil, ao ser perguntado sobre sua vivência nos últimos dois anos.

Ao ser questionado pelo jornal se já sentiu raiva do presidente e da forma que lidou com a crise, Gil pontuou: “Raiva pessoal, eu não sentia. Porque eu não esperava mais nada deles. Eu já sabia que eles eram loucos. Não sentem um interesse profundo pela Nação, pela sociedade… É difícil, faltam-me as palavras”.

Durante a entrevista, Gil também afirmou que o que está acontecendo no Brasil é um problema mundial que chega a expandir por todo mundo:  “Não diz respeito apenas ao Brasil. Ver esse tipo de direita louca no poder, que promove a ideia de violência e conflito, é um problema geral e recente que o planeta está passando“.

publicidade

Em turnê pela Europa desde setembro, o projeto “Gilberto Gil – Gil in concert”, vai passar por oito países com 18 apresentações. Aos 79 anos de idade, o músico baiano sobe aos palcos acompanhado pelos filhos Bem Gil e José Gil e netos João Gil e Flor Gil.

Em algumas apresentações, Gil conta com a participação da cantora Adriana Calcanhoto.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar