Filha de Arlindo Cruz acusa cuidador do pai de crime

Flora, filha de Babi e Arlindo Cruz
Flora, filha de Babi e Arlindo Cruz (Reprodução/Instagram)

Filha de Arlindo Cruz acusa cuidador do pai de crime

A influenciadora Flora Cruz, 20, filha do sambista Arlindo Cruz, usou suas redes sociais na quarta-feira (26) para denunciar um sério caso de importunação sexual. Ela foi vítima do cuidador do próprio pai. “Oi, diferente de tudo o que vocês já viram aqui, está me doendo muito ter que escrever esse texto. Pela exposição, pelo que vivi, por medo e por saber que não fui e não serei a última mulher a passar por isso“, começa o relato.

Então, ela segue contando que foi vítima de importunação sexual na madrugada do dia 24 de abril, e não tinha falado nada antes por medidas de segurança. “Resolvi tornar pública a situação, para me proteger e usar minha voz para que mais mulheres não se calem. Eu, dentro da minha casa, achando que estava segura, com uma pessoa que estava ali pra cuidar da saúde do meu pai“, desabafou.

A filha de Arlindo Cruz pontuou que teve seu corpo tocado sem seu consentimento e o abusador usou a “justificativa” de que ela estava de baby doll e era muito difícil resistir. “Dentro da minha casa, no meu quarto, onde eu deveria me sentir segura. Exponho essa situação como medida de segurança e para usar a minha voz como um alerta. Todas as questões judiciais estão sendo resolvidas por meus advogados“.

Filha de Arlindo Cruz dá mais detalhes

Flora segue ressaltando que não importa a roupa ou a ausência dela, se uma mulher bebeu, está acordada, dormindo ou não. Ela frisa que não é não e o corpo de outra pessoa jamais deve ser tocado sem que a mesma autorize. “Eu estou assustada, com medo, com vergonha de ter e precisar me expor dessa forma, e sem muito mais o que dizer. Ainda está muito difícil assimilar tudo isso“.

Por fim, a filha de Arlindo Cruz agradece sua família, amigos e equipe que a acolheram no momento em que se viu vítima do crime. Ela também pede para que as vítimas denunciem e não se calem. Em sua publicação, a modelo recebeu o apoio de seus seguidores e de seu irmão. “To aqui. Força, amor“, comentou Arlindinho.

Crime de importunação sexual

O crime de importunação sexual é quando alguém pratica algum ato contra outra pessoa, “mesmo que sem o ato libidinoso, com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou de terceiro”, de acordo com o Código Penal, pela Lei nº 13.718. Com isso, tocar em um corpo sem permissão é crime que pode levar de um a cinco anos de prisão. Não se cale. Em caso de abuso, disque 180.