Emicida entra para o “Mundo Bita” para clipe de “O amor é tudo de bom”

O Mundo Bita, o fenômeno infantil que já conta com mais de 11 bilhões de viusalizações no YouTube, tem um novo integrante. O rapper Emicida ganhou um personagem animado no univero fantástico e irá lançar com o grupo o clipe de “O amor é tudo de bom”. O vídeo estreará no dia 14 de janeiro às 10h na plataforma de vídeos.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Emicida Mundo Bita
Emicida vira animação no clipe de “O amor é tudo de bom”, do Mundo Bita. Foto: divulgação

O clipe faz parte da temporada “Bita e os Sentimentos” e fala sobre uma emoção potente e transformadora que está presente nas pequenas ações e nos gestos mais singelos, o amor. Nele, Emicida, Bita, Tina, Lila, Dan e Tito brincam e se divertem na casa da Vovó Ivone, avó da Tina e do Dan, enquanto aprendem que o amor se multiplica no coletivo.

publicidade

Em nota divulgada a imprensa, Chaps Melo, criador do Mundo Bita, fala que já estava querendo a participação do rapper: “Em maio deste ano, eu estava assistindo a um clipe de Emicida e pensei em como seria lindo ele fazer parte do Mundo Bita. Mandamos uma mensagem e ficamos flutuando em alegria quando ele respondeu topando o nosso convite”, diz.

Emicida, que recentemente foi eleito o homem do ano pela revista GQ Brasil, falou da empolgação que sentiu com o convite: “A gente assiste muito Mundo Bita lá em casa. Até brincamos nos perguntando quando chegaria a minha vez de fazer uma participação para, finalmente, minha filha reconhecer que fiz uma música legal”. Falou o rapper.

Emicida também acabou de lançar o single “São Pinxinguina”, em celebração a esse nome fundamental do samba, e é ainda uma homenagem ao músico Letieres Leite, falecido em outubro deste ano.

publicidade

Neste fim de ano, o paulista segue com a agenda movimentada. Ele ainda faz parte do filme “Medida Provisória” dirigido por Lázaro Ramos. O filme é uma adaptação da peça “Namíbia, Não!”, de Aldri Anunciação, que também está no elenco.

O filme conta a história de  um futuro diatópico, quando o governo brasileiro decreta uma medida que obriga os cidadãos negros a migrarem para a África na intenção de retornar suas origens. A estreia no Brasil ainda não está confirmada.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Rafael Lima

Jornalimo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Possui passagem por assessoria de comunicação e produção de críticas musicais desde 2020 em redes sociais. Apaixonado pelo universo e cultura pop, pesquisa e produz conteúdo para o nicho desde 2019.

Veja mais ›
Fechar