Eduardo Costa faz versão sertaneja de Raul Seixas; vem ouvir

O cantor Eduardo Costa regravou o último sucesso de Raul Seixas. “Cowboy fora da Lei” ganhou a voz do artista sertanejo, em uma versão do ritmo e faz parte do EP inédito “Fora da Lei“, lançado na última sexta-feira (10).

publicidade

No álbum, Eduardo também traz regravações da música “Caçador de corações” (Mário Maranhão e Jefferson Farias, 1990) – originalmente lançada nas vozes da dupla sertaneja Gian & Giovanni –, e de “Amor de violeiro” (Rick e Laudarcy Ricardo de Oliveira, o Alexandre, 2003), composição apresentada pela dupla João Márcio & Fabiano um ano antes de ser gravada em 2004, com maior repercussão, pelo próprio Eduardo Costa.

Eduardo Costa
Eduardo Costa chamou atenção ao regravar sucesso do roqueiro baiano (Imagem: Divulgação)
publicidade

O projeto teve seu foco direcionado para a inédita “Chama ela pra mim“, de autoria de Adair Cardoso da Silva, Gustavo Henrique, Isabella Resende e Rafael Haffa. Além disso, o álbum traz também a regravação de Coração pirata (1990), composição creditada aos seis integrantes do grupo Roupa Nova em parceria com o letrista Aldir Blanc (1946 – 2020).

Vale lembrar que o sertanejo não vai mais fazer parte do projeto Cabaré, idealizado junto com Leonardo. Segundo informações do colunista Leo Dias, do Metrópoles, a informação foi revelada por Renato Fernandes, conhecido como grande influenciador sertanejo do país.

No Instagram, o famoso disse que o Cabaré vai retornar em 2022, mas, no lugar de Eduardo, entraria a dupla Bruno & Marrone. “Meus amigos sertanejeiros, o projeto Cabaré vai voltar em 2022 e a novidade é a entrada de Bruno e Marrone no lugar do Eduardo Costa. Imagina a resenha do Marrone e Leonardo juntos no palco. Gostaram?”, disparou.

publicidade

Renato, inclusive, é sócio da empresa Fábrica de Hits, responsável pelo marketing digital artístico, gestão de redes sociais e lançamentos musicais de grandes artistas. Nas redes sociais, internautas comentaram sobre a novidade.

“Cabaré é Eduardo Costa e Leonardo! Não aceite imitações!”, escreveu um seguidor de Renato Sertanejeiro. “Agora o Eduardo pira”, disse outro. “Rapaz, Eduardo Costa deveria está aí nesse meio. O cara foi fundador do projeto. Injusto!”, destacou outro internauta. “Cabaré sem Eduardo Costa não é Cabaré”, reclamou outro.

publicidade

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Guinho Santos
Formado em Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia e Ciências Salvador, Guinho Santos escreve sobre o mundo dos famosos há mais de dez anos. Tem experiência em cobertura de realitys shows, bastidores da música, TV e novelas. Ao longo da carreira, trabalhou com rádio e foi apresentador na web, além de ter experiência também como Social Media e agora está junto do Mix Me!
Veja mais ›
Fechar