Detonautas chega com novo single de cunho político e manda a real para candidatos; ouça

Ótima notícia para os fãs de Detonautas. Nesta sexta-feira (5), a banda carioca lançou seu mais novo single, intitulado de “Não Existe Salvador da Pátria”, que já está disponível em todas as plataformas digitais.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Detonautas
Detonautas chega com novo single; ouça (Divulgação)

“Não Existe Salvador da Pátria” é uma composição do vocalista Tico Santa Cruz e conta com parceria da banda Herança Negra, na execução e também nos arranjos musicais. Com teor político, a música fala sobre atual cenário político brasileiro.

publicidade

“A canção fala sobre a necessidade do brasileiro de arranjar um salvador da pátria. Quando, na verdade, não existe essa pessoa que, sozinha, possa resolver todos os problemas do país. É uma música de cunho social, mas sem ser partidária“, pontuou Santa Cruz.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Detonautas (@detonautas)

publicidade

Confira a nova música de Detonautas

Tico Santa Cruz

Recentemente, o vocalista da banda Detonautas resolveu se afastar das redes sociais. E o motivo foi semelhante ao do novo lançamento: a política brasileira.

Em entrevista ao UOL, na coluna Splash, o artista contou que a nova produção não é indireta para alguém específico e sim para o contexto geral politico.

“Pode ser que as duas militâncias interpretem como uma crítica direta. Não é para eles, mas sim para a sociedade que acredita que uma pessoa pode salvar um país com 500 anos de problemas”, disse Tico.

publicidade

Aproveitando o lançamento do seu novo single, Tico expressa sua visão do mundo. “Temos uma sociedade totalmente desigual. Um sistema político, econômico e social extremamente complexo. Essa transformação não será conduzida por ninguém. Não adianta criar expectativas, pois vão continuar se frustrando. É preciso se organizar coletivamente primeiro”, pontuou.

O artista ainda continuou falando da importância da democracia brasileira. “O principal foco é defender a democracia, deixando um pouco de lado os candidatos e olhando o cenário em que existe uma ameaça real em relação às falas sistemáticas contra instituições democráticas, urna eletrônica e sistema eleitoral. […] O ódio entre as pessoas é muito perigoso”, contou.

publicidade

Apesar de criticar bastante o ex-presidente Lula, o vocalista de Detonautas afirmou votar nele no segundo turno, caso seja necessário. “Sou crítico às pessoas aliadas ao Lula, mas se for preciso votar em um segundo turno, votarei nele”, enfatizou.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Milena Cerqueira

Formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), tenho interesse e experiência em jornalismo cultural, comunicação interna e assessoria de imprensa. Na área acadêmica, realizei pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso nas áreas de música e cultura pernambucana.

Veja mais ›
Fechar