Destaque no Prêmio Multishow, Bianca vendia caipirinha antes da fama

Um dos sucesso de 2020 e 2021, a funkeira Bianca é um dos novos nomes do cenário pop nacional. Apesar de ainda pouco conhecida por seu nome, a moça é a responsável pelo hit Tudo no Sigilo, que dominou as plataformas de música.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Cantora Bianca, do hit Tudo no Sigilo (Reprodução)
Cantora Bianca, do hit Tudo no Sigilo (Reprodução)

Natural de Campo dos Goytacazes, interior do Rio de Janeiro, a moça foi destaque do Prêmio Multishow 2021 e até chegou a entrar em listas da Billboard, mas até pouco tempo passava por um baita perrengue financeiro.

publicidade

Em entrevista ao portal Uol, a jovem cantora contou que há dois anos dormia no chão de uma quitinete na favela da Rocinha e vendia caipirinha na praia de Ipanema para poder se sustentar.

“Cantava funk em Campos dos Goytacazes e sentia que meu trabalho não era valorizado. Não tinha recursos nem contatos por lá. Até que um dia eu falei: ‘Preciso ir, agora, para a cidade grande’. Larguei tudo e me joguei”, contou a artista, que levantou a bandeira LGBTQ+ durante sua performance no palco do Prêmio Multishow.

Bianca revelou que, apesar das dificuldades, decidiu não contar nada para seus pais. “Morei de favor em vários lugares. Morei numa lanchonete onde eu ajudava vendendo sanduíche. Depois fui morar numa quitinete com uma amiga, na Rocinha. Lá a gente não tinha um móvel. Dormi no chão antes de conseguir comprar um colchão inflável”, contou.

publicidade

A funkeira também falou sobre a ralação para conseguir alguns trocados na praia. Ela disse que vendia caipirinhas no sol quente para ganhar R$ 50 por dia. Segundo a artista, o dinheiro ajudada com básicos enquanto ela corria atrás do sonho de ser cantora.

“Passava o dia com a bandeja na mão gritando ‘caipirinha, caipirinha’. Era um sol doido, e no fim do dia quase não tinha lucro porque pagava uma porcentagem para o dono da barraca. Ganhava por volta de R$ 50 por dia”, disse.

publicidade

Música de Bianca estourou na pandemia

A cantora ainda revelou como foi uma surpresa ver seu trabalho reconhecido por muitas pessoas, inclusive fora do país. Na época, Bianca malmente tinha onde morar:

“A música começou a estourar no TikTok e eu ainda dormia no chão de um estúdio em Caxias, oferecido por um empresário. Estava vivendo um sonho e ao mesmo tempo presa ali. Estourei no meio da pandemia e, quanto mais a música fazia sucesso, mais agravava a situação da covid-19. Até show internacional eu já tinha marcado, e precisamos cancelar tudo”.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade

Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.

Veja mais ›
Fechar