CadÚnico: Governo anuncia opção para cadastros irregulares

Governo anunciou nova funcionalidade do CadÚnico (Foto: Divulgação)
Governo anunciou nova funcionalidade do CadÚnico (Foto: Divulgação)

O Governo Federal já anunciou que o Cadastro Único (CadÚnico) passará por um pente-fino com o lançamento do novo Bolsa Família e terá inscritos excluídos por causa de irregularidades. No entanto, o governo deu uma nova opção às pessoas que se cadastraram de forma errada.

Uma nova portaria do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) possibilita que, em caso de irregularidade, a própria pessoa pode solicitar a exclusão. Os cadastros realizados de maneira incorreta no Cadastro Único podem ser excluídos de forma voluntária por meio do aplicativo do CadÚnico ou pelo computador. Além disso, os inscritos irregulares tem a opção de procurar a gestão municipal para solicitar a exclusão.

Cadastros irregulares

Com a nova funcionalidade, o Governo pretende estimular a saída voluntária do Cadastro Único para um problema que começou no mandato de Jair Bolsonaro. Na época, as pessoas foram induzidas a se inscrever de forma incorreta para receber o Auxílio Brasil – programa de transferência de renda do Governo Federal, que voltará a se chamar Bolsa Família – somente para cadastros unipessoais. Ou seja: pessoas que afirmaram morar sozinhas, quando na verdade moram com a família.

Com a exclusão de forma voluntária, essas pessoas poderão ir em busca dos locais de atendimento nas cidades e fazer o cadastramento correto em suas famílias. Mas, vale lembrar que, cadastros unipessoais dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de pessoas em situação de rua não fazem parte dessa ação.

No aplicativo ou no site, a partir de login com CPF e senha do Gov.br, o botão vermelho com a opção “Cancele o seu cadastro” já está disponível. No entanto, o governo recomenda que o cidadão esteja usando a versão mais recente do aplicativo.

Em conjunto com municípios e estados, o Ministério do Desenvolvimento Social estabeleceu um cronograma para a averiguação dos cadastros unipessoais. O prazo vai de março a dezembro de 2023. O aviso chegará por mensagens de extrato ou SMS.

Como cancelar o CadÚnico irregular

Para usar a nova funcionalidade, que já está ativa e funciona em dias úteis, das 7h às 21h, a pessoa deve seguir algumas orientações. Confira o passo a passo: acesse o aplicativo do CadÚnico e clique em “Consulta completa”; faça o login com CPF e senha, e clique em “Continuar”; no canto superior esquerdo da tela, aperte a seta para voltar; em seguida, clique no botão vermelho “Cancele o seu cadastro”; na tela seguinte, aperte o botão azul “Cancele o seu cadastro”; por fim, clique em “Confirmar”.