Caça Joia: programa abre espaço para música independente brasileira

Nesta sexta, 5 de novembro, o Canal Futura estreia a série Caça Joia. O programa vai ao ar toda sexta-feira, sempre às 21h15, e tem o objetivo de revelar artistas independentes de todo o Brasil.

publicidade

A apresentação é do músico pernambucano Chinaina. Ele é um grande incentivador e divulgador da cena  de mísica independente brasileira, que se dedica a garimpar joias da música ainda desconhecidas do grande público.

Cada episódio recebe convidados e apresenta um artista. A ideia é mostrar a diversidade da cultura brasileira, da nova MPB ao baião, passando pelo reggae, beats eletrônicos, congado, rap, hip hop, ijexá e dancehall.

publicidade
Chinaina apresenta Caça Joia
Chinaina apresenta Caça Joia no canal Futura (Foto: Pamella Gachido / Divulgação)

Ao longo das gravações de Caça Joia, os participantes receberam também mentorias que incluíam informações práticas para a gestão e impulsionamento da carreira, como o registro de direitos autorais.

“Durante as pesquisas para o programa, percebemos que a grande maioria dos artistas não tinham suas obras, músicas e clipes devidamente registrados e nem tinham acesso a como fazer isso. Por isso criamos mentorias para auxiliá-los nos processos burocráticos, garantindo seus direitos”, conta Chinaina.

publicidade

O programa vai construir também pontes entre os participantes e grandes nomes do mercado. Chinaina vai receber convidados como Zé Ricardo, curador do Palco Sunset do Rock in Rio; Gutie, curador do festival Recbeat; e músicos como Max B.O, Pedro Luís, Céu e Tulipa Ruiz.

Para o apresentador, as carreiras podem se expandir melhor a partir de um bom networking. “Acreditamos que os encontros são extremamente importantes para o florescimento de carreiras artísticas”, afirma ele.

A busca pelos talentos musicais apresentados ao longo do programa teve início nas redes sociais, com enquetes que pediam dicas de novos artistas de diversas regiões do país. A curadoria foi muito cuidadosa ao selecionar a dedo os 13 artistas da primeira temporada.

publicidade

O principal critério utilizado foram as histórias e qualidades das músicas – questões como número de seguidores em redes sociais, por exemplo, não foram consideradas, já que o objetivo é descobrir talentos. Entre os nomes selecionados estão músicos que já atuam há anos e alguns que começaram a carreira recentemente.

Dirigido por Pamella Gachido e produzido pela Pedra Onze, o programa tem 13 episódios para a TV, cada um com 15 minutos de duração, e se desdobra em um podcast, com entrevistas mais completas para que o público possa conhecer melhor os artistas.

publicidade

O Caça Joia chega para integrar a rede de atuação do Futura, a fim de ampliar a representatividade musical nas telas e o alcance de atuação nos territórios brasileiros. Os episódios ficam disponíveis também nos Canais Globo e Globoplay.

Assista ao trailer de Caça Joia:

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Marcelo Argôlo

Marcelo Argôlo é jornalista e pesquisador musical. Autor do livro Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude, atua no mercado de comunicação e jornalismo musical desde 2012. Nesse período, teve passagens por redações, agências e assessorias. Atualmente se dedica ao Mix Me e a projetos de produção de conteúdo sobre música pop e negritude.

Veja mais ›
Fechar