BBB 2022: Gustavo ameaça Scooby logo após eliminação de Lucas

Logo após a eliminação de Lucas, do BBB 2022, Gustavo se reuniu com Pedro Scooby, Arthur Aguiar e Paulo André, para começar a discutir os planos para o próximo paredão. O surfista está desconfiando da permanência da prova do anjo nas próximas semanas que se aproximam da reta final do jogo.

publicidade
BBB 2022
Gustavo faz ameaça a Pedro Scooby para o próximo paredão do BBB 2022. Foto: reprodução/Globo.

“Sabe uma parada que eu fiquei pensando? Agora, não tem mais essa de ‘esse é o alvo da casa ou esse não é’. Se eu ganhar o Anjo, vai ser na ‘adedonha’, mano”, afirmou Scooby. Gustavo rebateu o brother em tom de brincadeira: “Você só não imuniza a Eslô que aí eu boto você, bicho”.

publicidade

Scooby pergunta: “Se ainda tiver o anjo, vai dar pra alguém, vai fazer o que?”. Paulo André acrescentou: “Por exemplo, a Eslô pega o líder, se você tem certeza que ela vai indicar ou o D.G ou eu…”. O surfista responde: “Mas aí, se eu der a imunidade para ele [Douglas], ela vai indicar você”.

Leia também:

publicidade

Enquanto isso, a líder Lina observou a nova divisão da casa que está rachada em dois grupos com cindo pessoas de cada lado. “A casa agora está literalmente dividida, cinco e cinco”, pontuou. Eslovênia relembra conversa que teve com Lucas: “Ele também falou isso para mim, ‘se eu sair, a casa vai ficar cinco a cinco'”.

“A gente precisa ganhar as provas a partir de agora porque senão vai toda semana dois de nós e um deles”, afirmou Jessilane. A professora ainda acredita que Eslô será o novo alvo do grupo dos meninos. “Qualquer um deles que pegar [a liderança], exceto o Pedro [Scooby], indica ela [Eslovênia]”, declarou.

“Eu acho que não, essa não vai ser a tática deles. Eu acho, porque eles são a maioria. Eles vão votar em outra pessoa”, especulou Lina. Jessi ainda confessou que não se sente a vontade para se aliar a Eliezer e Eslovênia na nova configuração da casa do BBB 2022.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Eslô e Eli já votaram em mim e eu nunca tive uma relação tão próxima com eles. Mesmo depois dela [Eslovênia] ter se aproximado do Lucas, eu não me aproximei tanto dela ao ponto de construir uma relação nas últimas semanas. Ainda assim, isso não me faz sentir responsabilidade nesse sentido. Com os meninos era a mesma coisa que eu sentia. Não quis me aliar aos meninos porque eu não achava certo comigo me aliar em quem votava em mim. Agora, eu não me sinto moralmente feliz com essa decisão também., revelou a professora.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Rafael Lima

Jornalimo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Possui passagem por assessoria de comunicação e produção de críticas musicais desde 2020 em redes sociais. Apaixonado pelo universo e cultura pop, pesquisa e produz conteúdo para o nicho desde 2019.

Veja mais ›
Fechar