Ato pela Terra: artistas fazem manifestação em defesa do Meio Ambiente

Na tarde desta última quarta-feira (9), os gramados de Brasília foram tomados por diversos famosos brasileiros que participaram do Ato pela Terra, manifestação pública contra contra projetos de lei que ameaçam o meio ambiente e tramitam no Congresso Nacional.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Nando Reis e Caetano Veloso em cima do trio no Ato pela Terra (Reprodução/ Instagram)
Nando Reis e Caetano Veloso em cima do trio no Ato pela Terra (Reprodução/ Instagram)

Comandado pelo cantor Caetano Veloso, o manifesto denuncia o popular “Pacote da Destruição”, projeto de lei que flexibiliza a entrada de agrotóxicos, desmatamento e garimpo em terras indígenas.

publicidade

Pouco antes de movimentar diversos brasileiros para a frente do Esplanada, Caetano participou de uma reunião como o presidente do Senado Federal Rodrigo Pacheco e com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lúcia, onde um documento foi entregue.

Durante toda a tarde e noite desta quarta, a manifestação contou com a participação de nomes como Daniela Mercury, Emicida, Nando Reis, Maria Gadú, Bela Gil, Malu Mader, Rafa Kalimann, Elisa Lucinda, Duda Beat, Criolo, Paola Carosella, Letícia Sabatella, Christiane Torloni, Cissa Guimarães, entre outros famosos.

publicidade

Em entrevista concedida ao G1, Caetano disse ter esperança que a manifestação gere algum tipo de reação dos políticos. “Espero realmente que haja alguma consequência a partir da nossa movimentação”, disse ele.

Em seu último minuto no palco, o artista baiano decidiu terminar com o protesto cantando a música “Um índio”. Abraçado com um representante indígena, o artista disparou: “Vamos cantar todos para ir embora com fé, força, certeza que não nos destruirão”.

Em seu perfil do Instagram, Daniela, que esteve ao lado de Caetano durante todo o protesto, compartilhou um vídeo de parte do seu show e reafirmou o quanto a energia do ato era de muita resistência: “Nós dizemos não ao Pacote da Destruição. Noite histórica em Brasília. Se precisar, vamos dormir na frente do Congresso Nacional”.

publicidade

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.

Veja mais ›
Fechar