Anitta rebate julgamentos na carreira e faz comparação com Carmen Miranda

Nos stories de perfil seu Instagram, nesta segunda-feira (27), Anitta abriu o jogo e fez um desabafo sobre as críticas e comentários negativos que vem recebendo por conta do seu trabalho. Em sua fala, a cantora lembrou de Carmen Miranda e disse estar passando pela mesma descriminação que o eterno ícone da música brasileira.

publicidade
Anitta rebate julgamentos na carreira e faz comparação com Carmen Miranda (Foto: Reprodução/Instagram)
Anitta rebate julgamentos na carreira e faz comparação com Carmen Miranda (Foto: Reprodução/Instagram)

A artista compartilhou um texto escrito pelo jornalista André Carvalho Ramos, da CNN Portugal, sobre a forma como os meios de comunicação falam dela e respondeu à pergunta feita por ele.

publicidade

“Por que haverá tanto escárnio em torno de Anitta? Ainda antes do concerto, um repórter em direto passava em revista os artistas que iam tocar nesse dia. De todos – todos homens – elencou um conjunto de sucessos profissionais. Sobre Anitta – mulher – reduziu-a a uma artista que tinha perdido a bagagem com a roupa para o concerto, mas pouco importava, porque usava pouca roupa em palco”, escreveu o jornalista.

Em seu perfil, Anitta respondeu a pergunta afirmando que é motivo de incomodo porque provoca mudanças.

publicidade

Li esse texto e resolvi responder aqui. Por que? Porque tudo que estimula mudança ou evolução incomoda (qualquer tipo de mudança). Até quando? (Ele pergunta) até quando eu morrer, claro. Aconteceu igual à rainha Carmen Miranda [aliás, perfeita junção de Portugal e Brasil, mas hoje em dia apenas, pois na época ela era ‘vergonha nacional’]. Carmen não aceitava se submeter a ser o que o povo queria pra ser amada. Ela queria revolucionar e ser ela mesma sem papinho furado.”

“Carmen foi crucial para a cultura durante tempos de guerra. Lutou, batalhou, revolucionou. Mas faleceu triste pois não teve o reconhecimento merecido. E isso aprendi com minha musa. Se não quiser me reconhecer, tem problema não. Eu mesma me darei meus merecidos créditos. E quem disser que estou me achando? Está coberto de razão. Mas a humildade sempre prevalecerá.”

A cantora aproveitou ainda para falar do incidente ocorrido durante seu show no Rock in Rio Lisboa, quando ela exibiu uma bandeira da Espanha no palco.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Ah, e se algum fã argentino um dia quiser levar a bandeira do seu país para algum show meu no Brasil, por exemplo, não terei problema algum em pegar a bandeira Argentina em solo brasileiro como agradecimento por ter viajado a outro país pra me ver cantar. Minha música é feita pra unir. Meu show nunca vai ser um palco que apresenta rivalidade.”

publicidade

“Podem chorar comensais do Voldemort. O choro é livre”, encerrou Anitta, citando o personagem da saga Harry Potter.

O que você achou? Siga @mixmebrasil no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Rafael Lima

Jornalimo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Possui passagem por assessoria de comunicação e produção de críticas musicais desde 2020 em redes sociais. Apaixonado pelo universo e cultura pop, pesquisa e produz conteúdo para o nicho desde 2019.

Veja mais ›
Fechar