publicidade
   

News

#FreeKesha: cantora perde primeira batalha contra Dr Luke



Kesha perde primeira liminar em processo contra Dr Luke. Cantora segue sob contrato do  produtor até audiência oficial, que acontece em 2017.

kesha perde primeira batalha dr luke
A primeira audiência de Kesha vs. Dr Luke não teve o resultado que todos esperavam!

Rihanna cancela dois shows na Inglaterra
Adele está com ingressos esgotados para todos os shows
Kanye West volta a falar sobre Taylor Swift: “Há pessoas com dívidas aqui”

Apesar das campanhas, mobilização dos fãs com a tag #FreeKesha, argumentos de advogados e tudo que um processo como este tem direito, a cantora ainda não conseguiu escapar do contrato mirabolante que a coloca totalmente sob os “cuidados” do produtor.

Em audiência que ocorreu nesta sexta-feira (19), Kesha perdeu a primeira liminar do processo em que acusa Luke de abuso mental, físico e sexual, além de pedir a liberação total de seu contrato com o selo Kemosabe Records e a gravadora Sony Music.

De acordo com o juiz do Supremo Tribunal, Mark Geragos, a cantora não poderia vencer esta audiência já que o processo envolve uma série de outras negociações, além de julgar o contrato entre as duas partes como “típico para a indústria”.

O juiz também deixou bem claro seu ponto de vista sobre o investimento de Luke na produção de Kesha (mais de 50 milhões de dólares): “Meu instinto é fazer a coisa mais razoável comercialmente”.

E melhora, fãs da Kesha. O veredito ainda diz que, pelo menos para o juiz, “Não há demonstrações de danos. A permissão de gravar foi concedida a ela”, finalizou.

Geragos também levou em conta o acordo proposto pela Sony Music, que a ofereceu uma chance de gravar sem qualquer envolvimento de Luke, o que Kesha negou, optando apenas por se livrar de tudo isso.

Portanto, nada muda na condição da cantora. Kesha continua contratada de Dr Luke e segue assim até 2017, quando haverá a audiência oficial.

Comentários