publicidade
   

News

Dr. Luke diz que acusações de Kesha são “mentiras deslavadas”



Dr. Luke se defende de acusações feitas por Kesha e escreve comunicado dizendo que são “mentiras deslavadas”.

Dr. Luke diz que acusações de Kesha são "mentiras deslavadas"

O empresário ganhou a última liminar contra a cantora.

Adele no Brasil? Ela quer!
“Eu quase não parei de chorar”, diz Demi Lovato sobre o clipe de “Stone Cold”
Primeira foto de Saint West, filho de Kanye West e Kim Kardashian

Na última sexta-feira (19), Dr. Luke ganhou a primeira liminar contra Kesha. A cantora entrou com uma ação alegando que o empresário cometeu abusos mentais, físicos e sexuais conta ela, além da quebra de contrato com a gravadora Sony e o selo Kemosabe Records.

Enquanto a estrela tem recebido apoios, como o de Taylor Swift, Demi Lovato, Ariana Grande e Lady Gaga, o que acontece com Luke é o oposto. Ele está sendo duramente criticado por companheiros da indústria da música e pessoas nas redes sociais. O empresário, então, resolveu soltar um comunicado feito por seu advogado, onde nega todas as acusações.

Confira a nota na íntegra:

“Na sexta, a Suprema Corte de Nova Iorque descobriu que Kesha já é ‘livre’ para gravar e lançar música sem trabalhar com Dr. Luke como produtor se não quiser. Qualquer acusação de que ela não seja ‘livre’ é um mito. A clara decisão tomada pela Corte da sexta ao negar a moção de Kesha para uma liminar deixou claro que as alegações de Kesha de abuso não são convincentes, e que ela não tem base para quebrar contratos e direitos autorais. Dr. Luke e sua empresa investiram no sucesso de Kesha através de suas contribuições, a Sony Music já gastou mais de 11 milhões de dólares provendo Kesha, e tanto a Sony Music quanto o selo Kemosabe estão comprometidos a continuar promovendo seu trabalho.

Mais significantemente, a Corte também declarou inúmeras vezes que suas vagas acusações de abuso falharam em obter fatos, e não há provas, seja de médicos ou qualquer outro, para apoiá-las.

Como já dito, Kesha nunca denunciou nenhum abuso ou estupro para qualquer autoridade da lei, nem para a Sony Music, e já declarou sob juramento em outro caso, acompanhada por sua equipe de advogados, que nunca aconteceu. O objetivo de Kesha e seu conselho nesse tempo todo tem sido obter um contrato mais lucrativo através de uma campanha vergonhosa de acusações desmedidas que eles jamais poderão sustentar em um tribunal.

Como Dr. Luke já disse repetidamente, as acusações contra ele são mentiras deslavadas, promovidas para extorquir uma renegociação de contrato e mais dinheiro. Kesha e seu time, arrogantemente, fizeram Dr. Luke e sua família passarem por uma humilhação no Twitter, usando uma campanha viciosa para arruinar sua reputação para lucro financeiro, enquanto falharam ao sustentar suas acusações. Kesha, até hoje, nunca provou suas acusações neste caso – mesmo tendo a oportunidade em seu depoimento juramentado. Nem tampouco ofereceu uma explicação credível do por que assinaria um segundo contrato, gravaria dois álbuns e um EP e assinaria um contrato de publicidade com Dr. Luke se foi abusada sexualmente. Logo ficará claro que os supostos incidentes nunca aconteceram”, diz a declaração”.

Comentários